• A anunciada crise institucional

    por Carlos Fico Existe a possibilidade de ruptura institucional após a eleição presidencial deste ano porque o impeachment de Dilma Rousseff inaugurou fase de suspensão, de quase anomia, que ainda não superamos. Essa fase frequentemente ocorre após eventos traumáticos como as guerras, os julgamentos dos chefes de Estado ou suas mortes inesperadas (por atentados, por exemplo), eventos que costumam ser contemporâneos ao tumultus, “estado de desordem

    Ler mais

  • A valorização da mulher numa campanha eleitoral mais preocupada com o passado

    por Carlos Castilho Independente de qual seja o resultado das eleições deste ano, dois fenômenos já deixaram a sua marca: a valorização da mulher como protagonista politico e a preocupação de todos os partidos em buscar no passado a solução para os dilemas atuais, ignorando as mudanças que o futuro já está delineando. O eleitorado feminino se tornou o grande objetivo de todos

    Ler mais

  • Querida democracia

    por Frei Betto A senhora, todos sabem, nunca foi como a Amélia, que, na opinião do saudoso Mário Lago, era mulher de verdade. Desde que surgiu no cenário das instituições políticas, sua presença sempre foi cercada daquelas suspeitas que envolvem mulheres que se casam com um e flertam com outros. Lembra-se de seus tempos na Grécia, quando ainda menina? Na verdade, nem todos

    Ler mais

  • #Elenão: As mulheres na frente

    por Elaine Tavares Nesse sábado, 29, as mulheres brasileiras mostrarão sua força, manifestando-se em todo o país contra a facistização da vida representada pela figura do Bolsonaro. Uma mobilização única, original e poderosa, que unifica os contrários e coloca as gentes em luta contra a violência e o ódio ao outro. Lembro como se fosse hoje a passeata, em Florianópolis, em 20 de

    Ler mais

  • Exposição Ai-5 50 ANOS no Instituto Tomie Ohtake

    Dividida em núcleos como censura, criminalização da opinião e reflexões sobre a crise institucional que se seguiu à abertura democrática, a exposição traz trabalhos artísticos que nos fazem refletir sobre o período do Ato Institucional No. 5, que completa 50 anos em 2018. O AI-5 aprofundou o país ainda mais na escuridão da ditadura militar brasileira (1964-1985). Com obras de artistas como Regina

    Ler mais

  • Filme de Tarantino conta a tragédia da atriz Sharon Tate

    por Fernando do Valle O diretor Quentin Tarantino filma sua versão da história da atriz Sharon Tate, brutalmente assassinada em 9 de agosto de 1969 a mando do psicopata Charles Mason. Com o título Once Upon a Time in Hollywood, o filme terá Margot Robbie como Sharon e Leonardo Dicaprio e Brad Pitt como dois atores vizinhos de Sharon em Hollywood. O ator

    Ler mais

  • Obra gráfica de Millôr Fernandes no Instituto Moreira Salles

    Quinhentos desenhos do humorista, dramaturgo e jornalista carioca Millôr Fernandes (1923-2012) produzidos para a imprensa ao longo dos anos 70 estão em exposição no Instituto Moreira Salles. A mostra foi organizada pelos curadores Cássio Loredano, Julia Kovensky e Paulo Roberto Pires. A exposição se divide em cinco grandes conjuntos a obra gráfica de Millôr, dos autorretratos à crítica implacável da vida brasileira, passando

    Ler mais

  • fome no mundo

    Um bilhão de famintos no mundo

    por Elaine Tavares Na última semana, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) divulgou os números da fome no mundo. Quase um bilhão de famintos (821 milhões). E isso considerando os países que dispõem de dados, o que significa que o número pode ser maior. Só no continente africano estão 256 milhões de pessoas passando fome.  Na América Latina,

    Ler mais

  • Alerta à classe média

    por Frei Betto A classe média é a salsicha do sanduíche da desigualdade social. Ela sobe uma rampa ensaboada: quanto mais se esforça para atingir o topo, mais escorrega para baixo. Trata-se de uma classe híbrida, com variados perfis. Há quem já tenha nascido na classe média, filho de profissionais liberais. Há os que vieram da classe assalariada ou da zona rural e

    Ler mais

  • netflix crítica

    O capitalismo, a banalização e o Netflix

    por Elaine Tavares Foi na televisão que comecei minha vida profissional. Era 1982 e eu era repórter da TV Caxias, em Caxias do Sul. Antes disso não era muito ligada em TV. Mas, depois que fui descobrindo suas entranhas, me apaixonei. Sou fascinada por tudo o que se produz na telinha. Espectadora voraz. Desde as primeiras matérias que produzi já percebi o poder

    Ler mais

  • museu nacional

    Museu, memória e patrimônio

    Originário do ato de colecionar e preservar, os museus chegaram ao século XXI como instituições indispensáveis à vida e à memória das comunidades, pelo menos em teoria. Inseridos na vida das cidades e amparados por políticas públicas de cultura, muito bem argumentadas no papel, mas sem atrativos para atrair o grande público que prefere o espetáculo dos shoppings ou o paraíso dos templos

    Ler mais

  • terceirização aprovada

    Terceirização: Triste Brasil para os trabalhadores

    por Elaine Tavares O jogo do toma-lá-dá-cá entre o governo de Temer e o Judiciário garantiu mais um gol de placa para a classe dominante: a terceirização irrestrita. Com isso, o Brasil volta ainda mais no tempo, alcançando a era em que os trabalhadores não tinham qualquer direito garantido e podiam ser movidos ao bel prazer dos patrões. A decisão do Superior Tribunal

    Ler mais

  • Matrículas abertas para o curso online de Cinema Japonês

    inscrições só até dia 6 de setembro O site Tudo Vai Bem, em parceria como Zona Curva, apresenta o Curso Online de Cinema Japonês: Do Clássico a Nouvelle Vague Japonesa, uma maneira prática, rápida e bem contextualizada de aprender e conhecer as características do cinema japonês e seus filmes que formam uma das mais importantes e brilhantes cinematografias da história. As matrículas estão abertas somente até

    Ler mais

  • A candidatura do Lula

    Milhares de pessoas estiveram nessa quarta-feira (15) em Brasília para mais um ato de protesto contra o judiciário brasileiro que mantém o ex-presidente Lula preso, mesmo que ainda não tenha sido julgado. Os dirigentes do PT formalizaram a inscrição de Lula como candidato à presidência, não reconhecendo sua prisão como justa visto que, conforme alegam, está embasada apenas em convicções, sem provas contundentes.

    Ler mais

  • exclusão informativa

    O lado retrógrado da avalancha informativa digital

    A revolução digital criou oportunidades inéditas para a democratização do acesso à informação, mas também deu origem a um novo e mais sofisticado sistema de exclusão informativa que afeta especialmente a população de baixa renda. Não se trata mais apenas de falta de acesso à informação pelos mais pobres, mas principalmente da carência de conhecimentos sobre como usá-la em beneficio próprio. Um estudo

    Ler mais

  • protestos 2013

    As pautas e os ecos de Junho de 2013

    por Tatiana Roque e Mariana Patrício É comum ou­virmos que os ma­ni­fes­tantes de Junho de 2013 não ti­nham pautas. Teria sido uma re­cusa em bloco ao sis­tema po­lí­tico, abrindo ca­minho para a crise de re­pre­sen­tação que es­tamos vi­vendo. Claro que Junho foi muita coisa, e as aná­lises ainda de­pendem da ge­o­grafia dos pro­testos. O Rio de Ja­neiro, talvez pela pre­sença im­por­tante das obras

    Ler mais

  • O Tropicalismo na visão dos jovens na ditadura

    As informações na internet falam que a Tropicália mudou o cenário musical brasileiro e influenciou outras áreas, como por exemplo, as artes plásticas e o cinema. Ela encontrou eco em boa parte da sociedade que, ainda que sufocada pela censura da ditadura militar, aplaudiu com entusiasmo as suas manifestações tanto nos festivais de Música, quanto nas artes cênicas. A consolidação veio com um

    Ler mais

  • As eleições e as opções dos trabalhadores

    por Elaine TavaresLutas ainda são pontuais, mas tendem a crescerVivo na política desde bem pequena. A ditadura militar foi vivida na pele. Meu pai era trabalhador na rádio do João Goulart em São Borja. A política, então, sempre correu no sangue. A grande política. O debate dos projetos. A certeza de que tinha de ficar sempre do lado dos trabalhadores. A consciência de

    Ler mais

  • Bloco do golpe nasce para enfrentar o lulismo

    por Guilherme Scalzilli Havia meses a direita brasileira preparava sua fuga para o “centro” imaginário do espectro eleitoral. A ideia era se esconder sob uma candidatura que dissimulasse os vínculos do grupo com o golpe, alvo de rejeição quase unânime. Com Jair Bolsonaro suavizando ideologicamente o grupo situacionista e empurrando Lula ao polo contrário, uma salvação moderada até que parecia atraente. Enquanto o

    Ler mais

  • notícias falsas

    As “fake news” não são um fenômeno passageiro

    por Carlos Castilho Quem acha que a desinformação e as notícias falsas (fake news) são um fenômeno passageiro pode ir se preparando para conviver com elas por um longo tempo. Ambas são consequência de uma ruptura de modelos de produção, gestão e disseminação de informações que está afetando todo o modo de vida da sociedade contemporânea. A criminalização das fake news não resolve as incertezas

    Ler mais

  • corrupção na ditadura

    Médici corrupto

    por Carlos Fico O ex-presidente Médici é pouco estudado, mas muito lembrado. Deixou raros documentos e entrevistas, mas sua memória é cultuada por muitos. É lembrado por ter presidido o “milagre brasileiro” (altas taxas de crescimento do PIB entre 1969 e 1973). Sua popularidade cresceu com a conquista da Copa do Mundo em 1970 pelo Brasil. Era aplaudido nos estádios de futebol. Nas

    Ler mais