• Quem não paga imposto no Brasil?

    Li esse pequeno texto no perfil do jornalista Gustavo Gindre: “os quatro irmãos Salles são os principais acionistas do Itaú (cujo lucro líquido em 2021 foi de R$ 26,9 bilhões) e da CBMM (maior mineradora de nióbio do mundo). Calcula-se por alto que juntos eles possuam quase R$ 60 bilhões em patrimônio. Pois bem, quanto esses quatro senhores pagam de imposto de renda

    Ler mais

  • Governo Bolsonaro agrava a violência contra ativistas

    Brasil ocupa o terceiro lugar entre os países mais letais para ativistas ambientais e de direitos humanos O informe anual de 2021 da Anistia Internacional revela que três em cada quatro ataques letais sofridos por ativistas ambientais ocorreram na América Latina. O Brasil ocupa a terceira posição na região, atrás apenas de Colômbia e México. O relatório também aponta que cerca de 30%

    Ler mais

  • El Salvador e o autoritarismo em curso

    El Salvador é um pequeno país da América Central que tem hoje cerca de sete milhões de habitantes, sendo que quase 9% vivem abaixo da linha da pobreza. Os ditos pobres, que vivem com um dólar ao dia, chegam a quase 40%, conforme dados da Cepal (Comissão Econômica para América Latina e Caribe). A situação só não é mais grave porque os 2,5

    Ler mais

  • Aumentam os casos de furtos famélicos no Brasil

    Pesquisa realizada pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN) mostrou que 19 milhões de brasileiros se encontram em estado de insegurança alimentar grave no país. O desespero que abate essa parte da população tem levado ao surgimento de vários casos de furtos famélicos.  Basicamente, o furto famélico ocorre quando se rouba comida, medicamento ou outro item fundamental à

    Ler mais

  • yanomami

    Segue o massacre aos povos indígenas

    Em Roraima, bem no meio da floresta amazônica, garimpeiros estupraram uma menina de 12 anos. Ela morreu. Também jogaram uma criança de três anos num rio, provavelmente também morta, enquanto a tia da criança resistia a mais uma violência. Ameaçaram uma comunidade inteira e obrigaram essa comunidade a sumir do seu território. A aldeia Aracaçá onde viviam cerca de 30 pessoas foi encontrada

    Ler mais

  • Guilherme Boulos mobiliza a esquerda com lançamento de livro

    Na última terça (3 de maio), ocorreu o lançamento do livro “Sem medo do futuro” escrito por Guilherme Boulos, na Livraria da Vila, em Pinheiros que contou com a presença de cerca de 500 pessoas. O livro traz uma análise do autor sobre o Brasil em que vivemos e os sucessivos desmontes feitos nos projetos sociais por parte do governo federal.  Boulos escreve

    Ler mais

  • Jão e os 40 anos do Ratos de Porão

    O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA recebeu Jão, guitarrista da banda Ratos de Porão, no dia 25 de março. A conversa foi gravada no bar La Borraxteria, mantido por Jão e seus sócios., que fica no bairro de Pinheiros em São Paulo. O bate-papo contou com a presença do editor Zonacurva Fernando do Valle e Luis Lopes do portal Vishows. Após esses dois anos

    Ler mais

  • Etarismo ou o drama de ser velho no capitalismo

    Idosos no Brasil – Tenho observado muita gente falando nas redes sociais sobre o lance da velhice e sobre o direito de se parecer velho. Li textos e vi vídeos de mulheres discutindo a beleza de envelhecer e de seguir o rumo da vida, libertas de tintas e estereótipos estéticos. Embutido nesse discurso, claro, a crítica de um mundo no qual o velho

    Ler mais

  • em busca de anselmo crítica

    Cabo Anselmo na série “Em busca de Anselmo”

    Quando Anselmo se refere aos codinomes que usava para se infiltrar e entregar militantes para a morte, ele gargalha. Isso é definitivo como apresentação do cinismo do traidor Para escrever este artigo, assisti hoje à série “Em busca de Anselmo”. No momento, só podem ser vistos na HBO Max os dois primeiros episódios, em um conjunto de cinco, um por semana. Portanto, o

    Ler mais

  • Mídia livre e a crise política brasileira

      Colaborou Isabela Gama O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA recebeu no dia 16 de março a jornalista e coordenadora do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé Ana Flávia Marques para discutir com o editor ZonaCurva Fernando do Valle sobre mídia independente e a crise midiática brasileira.  Para Ana Flávia, é necessário que haja uma união dos veículos independentes, principalmente nas

    Ler mais

  • Não há meia democracia

    Na democracia, assim como na gravidez feminina, não há meio termo. Não há meia democracia. É ou não é. Assume-se ou rejeita-se. Mas a imprensa parece ignorar esse fato e tenta conviver com um governo que adota princípios que negam na prática o compromisso democrático. A indefinição é o grande dilema da mídia brasileira às vésperas de um pleito que vai definir o

    Ler mais

  • ONU joga para a plateia

    A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas suspendeu a Rússia do Conselho de Direitos Humanos. O motivo foi o chamado massacre de Bucha, que Moscou nega alegando que foi um episódio armado pela Ucrânia. Mas, mesmo sem se levar a cabo uma investigação segura, a Rússia já foi julgada sumariamente. E, a punição foi o banimento do Conselho. Foram 93 países a

    Ler mais

  • México, a quarta transformação

    Passei vários dias na Cidade do México a convite do INFP (Instituto Nacional de Formação Política) do Morena, partido do presidente López Obrador, dirigido pelo cartunista Rafael Barajas, mais conhecido com El Fisgón. Fui convidado a dar curso de educação popular para um seleto grupo de militantes que se propõe a multiplicar a metodologia de Paulo Freire na criação de equipes de trabalho

    Ler mais

  • Centro Cultural Fiesp recebe obras de J. Borges, mestre da xilogravura

    J Borges – O grande artista pernambucano J. Borges conta a realidade do Nordeste brasileiro e, sobretudo, o do interior de Pernambuco, onde nasceu. Aos 86 anos, J apresenta uma coletânea de 62 xilogravuras, sendo 10 obras inéditas, 10 matrizes inéditas, além das obras mais importantes da sua carreira, com temas que retratam a trajetória de boa parte de sua vida, considerado pelo

    Ler mais

  • Abril indígena ocupa Brasília

    #pl191não – O Acampamento Terra Livre, organizado pelas comunidades indígenas em Brasília, faz parte de uma articulação que já se expressa há 17 anos no chamado “Abril Indígena”, uma das principais referências de mobilização popular do país. São duas semanas inteiras de marchas, debates e protestos, nas quais os indígenas ocupam a capital brasileira para reivindicar os direitos garantidos na Constituição de 1988.

    Ler mais

  • tolstoi guerra ucrânia

    As guerras do Império Russo em expansão: Tolstói e seu livro autobiográfico

    A Rússia sempre guerreou para expandir seu império. Em meados do século XIX, a Rússia guerreou contra as tribos muçulmanas da Tchetchênia e do Afeganistão. O escritor genial, Lev Tolstói, tomou os últimos vinte anos de sua vida para escrever o romance Khaddji-Murát, baseado em memórias de sua juventude como oficial do exército czarista. Quando, aos 82 anos, ele abandonou de vez a

    Ler mais

  • No Brasil das maravilhas

    Nem mesmo os mais mirabolantes enredos do realismo fantástico podem fazer páreo à realidade brasileira capitaneada pelo atual presidente. Fatos que em outros tempos poderiam ser catalogados como completos absurdos neste período obscuro que vivemos são nada mais nada menos do que o cotidiano normal do poder político brasileiro. Poderia enumerar aqui as criminosas queimadas na Amazônia e no Pantanal, a destruição da

    Ler mais

  • bomba nuclear risco

    Relógio do Apocalipse indica risco nuclear recorde

    Relógio do apocalipse – Os ponteiros do simbólico relógio, criado há 75 anos (1947) para medir o perigo de uma guerra nuclear global, mostram que estamos a meros 100 segundos entre o lançamento da primeira bomba atômica e o início de uma retaliação que pode levar à destruição de boa parte do planeta Terra. É apenas a segunda vez na história do relógio que

    Ler mais

  • Bolívia segue sonhando com saída para o mar

    Bolívia mar – As guerras de independência travadas na América do Sul tendo à frente Simón Bolívar tinham dois objetivos claros. O primeiro era o de libertar os países do império espanhol e o segundo era a constituição da Pátria Grande. O sonho de Bolívar era ver essa região como um bloco sólido de poder para enfrentar não apenas a Europa, mas também

    Ler mais

  • A guerra e o Brasil

    Colaborou Isabela Gama O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA de 10 de março (quinta) recebeu novamente a mestranda em Relações Internacionais Giovana Branco. Desta vez para discutir os impactos do conflito russo no Brasil. O bate-papo contou com a presença do editor Zonacurva Fernando do Valle e Luis Lopes do portal Vishows. Os impactos do conflito russo para o Brasil são muitos e a

    Ler mais

  • Cabo Anselmo no seu obituário

    Na morte do Cabo Anselmo, enfim, Soledad Barrett foi e continua a ser o centro, a pessoa que grita, o ponto de apoio de Arquimedes para os crimes dele   Faleceu o Cabo Anselmo. Pelo telefone, o escritor e jornalista André Cintra me comunicou a notícia há 5 minutos. Eu estava fazendo a sesta, mas dei um salto da cama. E estou até

    Ler mais