• Fantasmas à solta

                Sempre passo por um Uno cinza estacionado próximo à minha casa. No banco traseiro, folhetos com fotos de paradas militares, jornalecos com frases nacionalistas e bandeiras do Brasil. Outro dia, me assustei com um livro no banco traseiro, na capa, uma foto tosca do ex-presidente Geisel e o título: “A verdade sobre Ernesto Geisel”.              Fui comprar pão e defronte à casa,

    Ler mais

  • As agruras e alegrias de certo pai no mundo das princesas

    Crio minha filha de 5 anos praticamente sozinho, com isso, aprendo um tanto e outro tanto. Em festinhas de aniversário de amiguinhas da escola, não espero conversar sobre futebol ou MMA, mas algumas mães podiam colaborar e evitar assuntos como, por exemplo, as diferenças entre a primeira e a segunda gravidez; Não olhem para mim como se eu fosse um alien quando espero

    Ler mais

  • Curta na curva – Veja mente

    Carta na manga Em segunda semana seguida na Carta Capital, Mino Carta aponta sua metralhadora giratória em direção à revista Veja.  O jornal dos Marinho agora também recebe chumbo grosso, após editorial em defesa da revista da Abril: “Roberto Civita não é Rupert Murdoch”  Em aperitivo, Mino diz: “os barões midiáticos detestam-se cordialmente uns aos outros, mas a ameaça comum, ou o simples

    Ler mais

  • Paixão, carimbó e desmatamento

    A violência e a paixão sempre tiram os personagens dos filmes de Beto Brant do prumo. Não é diferente no novo filme do diretor, Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, nos cinemas. Desta vez, Cauby (Gustavo Machado), fotógrafo nos cafundós do Pará, encontra a loucura e uma certa epifania em Lavínia, interpretada magistralmente por Camila Pitanga, tudo regado a florestas

    Ler mais

  • De Chirico e a melancolia nas cidades

    Se a melancolia do cineasta dinamarquês Lars von Trier materializa-se em um planeta que se chocará com a Terra, a  melancolia de De Chirico penetra na arquitetura das cidades. O pintor de origem grega desconstrói a cidade, lugar de inadequação do homem, em busca desesperada de solidão e silêncio. Mais caótica e criativa do que nunca, São Paulo e o seu MASP são

    Ler mais