• “Quem não conhece o esquema do Aécio?”

    “Quem não conhece o esquema do Aécio?”

    por Guilherme Scalzilli As gravações de Sérgio Machado enterram de vez o imaginário honroso e republicano do impeachment. Elas fornecem o retrato perfeito do combate à corrupção que mobiliza o antipetismo e da imoralidade que acompanha o processo golpista. Chega a ser divertida a quantidade de flagrantes insinuando negociatas escusas junto ao STF. Como pode haver tantas pessoas, até de facções opostas, com a mesma

    Ler mais

  • Adhemar de Barros

    Para trás e para baixo

    por Carlos Fico Adhemar de Barros, político paulista tido como corrupto, gostava do lema “Para frente e para o alto!”, que ele supunha expressar decisão e energia, além de indicar posição política de centro, “nem esquerda nem direita”. Ele concorreu à Presidência da República duas vezes, em 1955 e 1960, tendo sido derrotado em ambas, ficando nas duas em terceiro lugar. Na eleição

    Ler mais

  • romero jucá michel temer

    Novo abalo político no Brasil: é hora da mídia começar a dizer golpe?

    Novo abalo político é prova de que a remoção da presidenta era o único meio dos adversários evitarem que sejam responsabilizados por sua própria corrupção   por Glenn Greenwlad, Andrew Fishman e David Miranda, do The Intercept, extraído da Agência Carta Maior O país acordou ontem com a notícia das secretas e chocantes conversas envolvendo um importante ministro do recém-instalado governo brasileiro, que

    Ler mais

  • O governo tucano de Michel Temer

    por Guilherme Scalzilli  É absurda a ideia de que entre os governos Dilma Rousseff e Michel Temer há pouca diferença programática. Basta observar o que os golpistas fizeram com as áreas sociais, culturais e diplomáticas do ministério para se ter noção do retrocesso em andamento. Mas há um diferencial ainda mais evidente: o PSDB. José Serra, Fernando Henrique, Geraldo Alckmin, Aécio Neves, todas

    Ler mais

  • sérgio sampaio biografia

    Sérgio Sampaio botou pra gemer

    por Fernando do Valle Maldito nada, o músico Sérgio Sampaio foi artista injustiçado pela indústria cultural que não tolerou a força de sua criatividade entre suas “manadas de [artistas] normais”, como disse o magrelo na canção Roda Morta. Capixaba de Cachoeiro de Itapemirim como o cronista Rubem Braga e Roberto Carlos, Sérgio Sampaio foi letrista único em mescla de dramaticidade e ironia. Mais conhecido

    Ler mais

  • michel temer

    O golpe e a ponte para o passado

    por Elaine Tavares O golpe judiciário/midiático consolidado nessa quarta-feira, dia 11 de maio, no Brasil, encerra um ciclo na América Latina, que ficou marcado pela presença poderosa e carismática de Hugo Chávez. Liderança inconteste de transformações populares no continente, Chávez alavancou um período histórico para as gentes dessa parte do mundo. Participação protagônica, soberania, cooperação, solidariedade, elementos fundamentais para a organização de outra

    Ler mais

  • impeachment dilma

    A longa tradição de golpes ‘brancos’ no Brasil

    Engana-se quem pensa que estamos diante de um fenômeno ‘novo’ em nossa história: o que não falta em nossa história são golpes como o de agora. por Flávio Aguiar – de Berlim, publicado na Agência Carta Maior O golpe em curso no Brasil, e que nesta quarta-feira vai atingir um novo momento de clímax com a votação do afastamento da presidenta Dilma Rousseff,

    Ler mais

  • holandeses brasil

    A invasão holandesa de Salvador em 1624

    por Albenísio Fonseca Salvador, 9 de maio de 1624. A cidade amanhece sob o domínio e os efeitos do bombardeio de uma esquadra holandesa composta por 26 navios, sob o comando de Jacob Willekens. Na véspera, mesmo sob fogo cruzado do Forte de Santo Antônio, eles conseguem alvejar os canhões da Ponta do Padrão e desembarcam no Porto da Barra. Grupamentos de vanguarda

    Ler mais

  • #ocupaescola

    Secundaristas inventam uma nova escola

    por Elaine Tavares Pouca coisa tem sido divulgada dessa encantadora revolução educacional que vem se verificando em São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás, onde estudantes estão ocupando as escolas em luta contra as propostas de fechamento, roubos de merenda e por condições melhores de funcionamento. Como sempre acontece, o que é uma batalha particular, acaba crescendo e escapando dos objetivos primeiros. Hoje,

    Ler mais

  • xtração da pedra da loucura Hieronymus_Bosch

    A pedra da loucura só está na cabeça do outro?

    por Fernando do Valle Por volta do século XV, charlatães pretendiam curar a insanidade com uma pequena incisão no crânio, como em um passe de mágica, retiravam a pequena pedra da loucura da cabeça do desajustado. A prática falsamente assegurava aos outros pacatos cidadãos a proteção dessas figuras inadequadas que desestabilizavam suas convicções. A catarse do público no espetáculo da retirada da pedra

    Ler mais

  • O golpe está nu

    por Guilherme Scalzilli Falta base jurídica às duas denúncias aceitas pela Câmara no pedido de impeachment. Uma não se enquadra na Lei Orçamentária, que embasa constitucionalmente a questão. A outra atende às exceções abertas tanto na própria norma quanto na jurisprudência. Esses fatos já anulam a constitucionalidade do processo. A covarde anuência do STF não o legitima, assim como não legitimou o golpe militar

    Ler mais

  • jornadas bolivarianas ufsc

    Jornadas Bolivarianas – os rumos da crise na América Latina

    por Elaine Tavares Durante três dias, intelectuais do Brasil, Argentina, Colômbia e Equador discutiram a realidade latino-americana que passa por uma nova onda conservadora na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A conjuntura brasileira acabou sendo o foco das atenções em função do “golpe blando” que está em curso, mas, como sempre acontece nas jornadas, os debatedores sempre vão além das aparências e discutem

    Ler mais