• A terra é plana!

    Homem de fé que sou, e ainda mais mineiro, sempre desconfiei dessa ciência influenciada pelo marxismo. Se a Terra fosse redonda e girasse em torno do próprio eixo, no mínimo deveríamos sentir tonturas. Esse preconceito contra o geocentrismo de Ptolomeu decorre dos malévolos conceitos paulofreirianos assumidos por Copérnico e Galileu. Eles adotaram o princípio marxista de que o lugar social determina o lugar

    Ler mais

  • A tradição autoritária brasileira

    Tradição autoritária – A geração que viveu depois de encerrada a ditadura civil/militar, a partir de 1984, aparentemente sempre teve a ilusão de que vivia em um país democrático, capaz de caminhar seguro para um tempo de direitos e justiça. Nada mais falso. O Brasil, historicamente, esteve bem mais próximo do autoritarismo do que da liberdade e os tempos ditos “democráticos” também foram

    Ler mais

  • Os muitos dilemas da imprensa no governo Bolsonaro

    A imprensa brasileira tem uma longa tradição de acomodamento com regimes conservadores, mas a relação com o governo Bolsonaro vai incluir a possibilidade de surpresas desagradáveis por conta da aberta simpatia do novo presidente pelo uso do Twitter como forma de se comunicar diretamente com o público. A exemplo do presidente norte-americano Donald Trump, Bolsonaro está quebrando a velha dependência de chefes de governos em

    Ler mais

  • Luiz Fux e a covardia ativa

    O Dicionário Aulete registra para cobardia (o mesmo que covardia): “s. f. || fraqueza de ânimo, pusilanimidade, medo, timidez, acanhamento”. O Dicionário Houaiss, mais extenso, define: “comportamento que denota ausência de coragem; atitude, gesto que se caracteriza pelo temor, pelo acanhamento, pela falta de ousadia 2 violência contra o mais fraco sinônimos cobardia, cobardice, covardice; ver tb. sinonímia de timidez e antonímia de coragem”

    Ler mais

  • Povos indígenas reagem aos ataques do novo governo

    Os ataques do novo governo aos povos indígenas e a mudança administrativa que joga para a pasta da Agricultura a responsabilidade sobre a demarcação das terras originárias já estão provocando reação imediata das comunidades organizadas e autônomas que sobrevivem e lutam no território nacional. Passados mais de 500 anos da invasão e uma sistemática política de extermínio ainda resistem 305 etnias que ocupam

    Ler mais

  • Já é uma tragédia

    Nesse momento do Brasil, eu gostaria muito de usar o tom cordato que aprendi na política, e dizer: “votei contra Bolsonaro, mas agora vou torcer pra dar certo, porque ele é o presidente de todos os brasileiros”. Esse bom-mocismo é sempre recomendável nessas horas, até por respeito à divergência de pensamento. Mas lamentavelmente, não dá nem pra ensaiar uma frase absurda dessas. Em

    Ler mais

  • Ministério da Agricultura regulará demarcação de terras indígenas

    Uma das primeiras medidas provisórias do novo governo (MP 870) foi passar a competência de regularização das terras Indígenas e Quilombolas para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento. A ministra da pasta é Tereza Cristina,  engenheira agrônoma que era deputada federal pelo DEM/MS e líder da Bancada Ruralista no Congresso. Também foi defensora da lei que flexibiliza o uso de agrotóxicos, o

    Ler mais