• brasília thomaz farkas

    Brasília não tem culpa

    Nascida da obstinação de JK em transferir a capital do Brasil para o planalto central em busca de maior integração nacional, Brasília foi inaugurada por ele em 21 de abril de 1960. A cidade de Brasília não tem culpa das negociatas que certos políticos, funcionários públicos e empresários aprontam nos corredores e salas fechadas de alguns de seus prédios, por isso vale relembrar

    Ler mais

  • 4 de março goldman sachs foto 1

    Goldman Sachs e o fanatismo pelo Deus Dinheiro

    Em recente entrevista, o filósofo italiano Giorgio Agamben afirmou que “Deus não morreu, ele se tornou dinheiro”. A sacada de Agamben não saiu de minha cabeça enquanto assistia ao documentário “Goldman Sachs, o banco que dirige o mundo” de Jérôme Fritel e Marc Roche. O filme narra como o banco de investimentos Goldman Sachs mistura-se às engrenagens dos Estados nacionais como um parasita

    Ler mais

  • viva cuba

    De tanto me mandarem para Cuba, eu fui

    No ano de 2014, virou moda entre direitistas pseudo politizados mandarem as pessoas para Cuba. Coincidentemente, havia reservado minha passagem para passar as festas de final de ano na ilha caribenha. Curioso para sentir de perto a realidade do povo, fiquei hospedado nas famosas casas particulares, imóveis de cubanos que se transformaram em uma nova modalidade de hostel, que nos dão a oportunidade

    Ler mais

  • castelo branco e octavio frias de oliveira

    O apoio da grande mídia ao golpe de 64

    Além de criar o clima de pânico, em especial na classe média, que passou a aceitar a quebra do Estado democrático, a imprensa apoiou o golpe de 1964 de maneira quase unânime. O livro Cães de Guarda – jornalistas e censores, do AI-5 à Constituição de 1988, da historiadora Beatriz Kushnir, lançado em 2004, e infelizmente pouco conhecido, pesquisou a atuação da imprensa

    Ler mais

  • 15 de outubro joão goulart ministro do trabalho foto 1

    Como ministro de Vargas, Jango revelou as entranhas do Brasil

    Com apenas 34 anos, João Goulart assume o relevante à época Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, em junho de 1953, no governo Getúlio Vargas, e passa a receber em seu gabinete pessoas humildes e sindicalistas, muitos deles negros. A reação foi imediata: empresários, militares e imprensa passam a orquestrar uma verdadeira campanha para derrubá-lo. O mandato de Jango como ministro durou apenas

    Ler mais

  • 17 de setembro victor jara foto 3

    Livro ‘Estádio Chile, 1973’ traz de volta Victor Jara, um homem armado de música

    por Milton Ribeiro (do SUL21) Com o livro-reportagem Estádio Chile, 1973 – Morte e Vida de Victor Jara, a voz da Revolução Chilena (Editora Unijuí, 328 páginas), o jornalista Maurício Brum finaliza um projeto de três anos. Foram várias viagens ao Chile — passou lá seis meses, somados todos os períodos –, mais de 50 entrevistas e visitas aos locais onde viveu e morreu o compositor,

    Ler mais

  • Cecily McMillan

    Justiça de Nova Iorque condena militante do Occupy

    No início desta semana, a manifestante do movimento Occupy Wall Street Cecily McMillan foi condenada a até 7 anos de prisão por um júri popular em tribunal de Nova Iorque (EUA). Ela foi acusada de agredir um policial em março de 2012, na comemoração de seis meses do início do Occupy. Em entrevista ao portal Democracy Now, o advogado de McMillan, Martin Stolar,

    Ler mais

  • 16 de abril comicio diretas já foto 2

    O Brasil despertou no movimento das Diretas Já!

    Diretas Já – Depois de duas décadas de arbítrios do regime militar, o movimento das Diretas Já acordou o povo brasileiro para a urgência da participação política. Entre o final de 1983 e o início de 1984, vários comícios mobilizaram o país pelas eleições diretas para presidente da República. Em 16 de abril de 1984, o comício das Diretas Já no Vale do Anhangabaú,

    Ler mais

  • Jango no comício que mudou o destino do país

    JANGO – Em 13 de março de 1964, o presidente João Goulart reuniu 150 mil pessoas no Comício da Central do Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, em prol das chamadas reformas de base de seu governo. Carlos Lacerda, governador da Guanabara e um dos principais opositores de Jango, teve a ideia de decretar feriado no dia 13 de março acreditando que,

    Ler mais

  • Pussy Riot escancara os abusos do governo Putin

    A banda Pussy Riot mostrou que a temporada na prisão não esmoreceu sua luta contra o governo Putin. Elas escolheram a cidade de Sochi, onde são realizadas as Olimpíadas de Inverno, para a execução de sua nova música/protesto e foram recebidas a chicotadas pela polícia. As músicas da banda foram presas em março de 2012 e libertadas em dezembro de 2013 sob a

    Ler mais

  • Luther Blissett de olho na grande mídia brasuca

    Luther Blissett – A mentira e a manipulação de mentes menos atentas virou o padrão do trabalho diário de grande parte da midiazona. Em busca de seus objetivos comerciais, políticos e ideológicos, ela incentiva o pânico (quando lhe convém), entorpece os sentidos e teme o debate igualitário e a reflexão coletiva. As exceções só confirmam a regra. Cansados de situação similar a que

    Ler mais

  • Um passo à frente contra a ameaça fascista

    Bom dia, Vietnã !! Do outro lado do mundo, fica fácil enxergar o Brasil, sem a contaminação midiática que domina os corações e mentes quando estamos no país. A luta política, em qualquer nação ou sistema de governo, sempre se justifica, mas o que mostra a qualidade e objetivos da disputa, são as ferramentas que cada grupo utiliza ao buscar uma posição de

    Ler mais

  • Senado devolve simbolicamente mandato de Jango

    O Senado Federal tentou reparar sua conivência com o golpe militar de 1964. Hoje, o presidente João Goulart recebeu, de forma simbólica, o mandato de presidente da República em sessão solene. Jango foi destituído do cargo pelo golpe militar em 2 de abril de 1964. A devolução do mandato veio por meio do projeto dos senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP),

    Ler mais

  • JK foi assassinado, afirma Comissão da Verdade de SP

    A Comissão da Verdade da Câmara de Vereadores da cidade de São Paulo afirmou no dia 10 de dezembro de 2013 que o presidente Juscelino Kubitschek foi assassinado em 22 de agosto de 1976. Segundo a versão oficial, JK foi vítima de acidente na Dutra. As suspeitas de assassinato em complô armado pela ditadura militar sempre cercaram a morte do ex-presidente. “Há indícios incontestáveis de que o

    Ler mais

  • A busca pelo fim do mistério sobre a morte de Jango

    Morte de Jango – Ontem, dia 1º de dezembro de 2014, a equipe de peritos coordenada pela Polícia Federal informou que não encontrou veneno na perícia nos restos mortais de João Goulart. Porém, a análise que durou cerca de um ano pode ser considerada inconclusiva já que a passagem do tempo pode ter apagado os vestígios de um possível envenenamento. A família de Jango não está satisfeita com

    Ler mais

  • Marighella: a execução do inimigo número 1 da ditadura militar

    “A única coisa que parece não deixar dúvidas é a decisão dos altos escalões militares, àquela altura sob a hegemonia da linha dura, de que Marighella não deveria ser preso, deveria ser executado”.  (trecho do livro Carlos Marighella, o inimigo número um da Ditadura Militar, do jornalista Emiliano José) No momento em que o regime militar recrudescia, a morte de Marighella (conhecido como

    Ler mais

  • “Obama é uma víbora”

      Crítico frequente da política externa norte-americana, o diretor Oliver Stone declarou em entrevista recente no Japão: “Obama é uma víbora e nós temos que nos voltar contra ele”, referindo-se aos escândalos de espionagem do governo norte-americano. Na última semana, o jornal britânico The Guardian revelou que 35 líderes mundiais foram alvos de escutas do governo norte-americano. A fonte mais uma vez foi

    Ler mais

  • Por onde anda el sub?

      Com o rosto coberto com o pasamontañas (talvez o precursor dos lenços que escondem os rostos dos black blockers em todo o mundo) e seu inseparável cachimbo, o subcomandante Marcos  invadiu o imaginário político nos anos 90. Nos dias atuais, a mídia ignora completamente el sub e o EZLN (Exército Zapatista de Libertação Nacional), do qual é o principal líder. A luta

    Ler mais

  • 11 de setembro, por Ken Loach

    Produzido em 2002, 11’9”01 Semptember 11 é composto por 11 curtas de diferentes diretores sobre o atentado nos Estados Unidos. O episódio de Ken Loach traça um paralelo entre o 11 de setembro chileno e o norte-americano. A ditadura de Augusto Pinochet foi iniciada há exatos quarenta e um anos com um golpe militar que assassinou o presidente eleito Salvador Allende, em 1973,

    Ler mais

  • 25 de agosto Brizola cadeia da legalidade

    Como Brizola adiou o golpe militar após a renúncia de Jânio Quadros

    Em 25 de agosto de 1961, Jânio Quadros renunciou à Presidência da República. O abandono do cargo por Jânio jogou o país no colo dos militares. Graças à atuação do governador do Rio Grande do Sul na época, Leonel de Moura Brizola, os planos de golpe dos setores conservadores do país foram adiados. Infelizmente, a tomada do poder pelos militares aconteceu dois anos e

    Ler mais

  • Fotos da Primavera de junho

    Créditos das fotos: 1. Passe livre= início de tudo (Crédito desconhecido) 2.De mãos dadas contra a PM (Crédito desconhecido) 3. Uma cidade muda não muda (Crédito: facebook oene) 4. A periferia vai às ruas: protesto no Capão Redondo (Crédito: facebook Ninja) 5. A repórter da Folha de São Paulo, Giuliana Vallone, ferida no olho durante o protesto (Crédito: http://desventurasdeumalterego.blogspot.com.br/2013/06/protesto-contra-o-comodismo.html) 6. Protesto antes da

    Ler mais

Por favor, espere...

Cadastre-se e receba novidades!

Preencha seu email e nome.