• Luther Blissett de olho na grande mídia brasuca

    A mentira e a manipulação de mentes menos atentas virou o padrão do trabalho diário de grande parte da midiazona. Em busca de seus objetivos comerciais, políticos e ideológicos, ela incentiva o pânico (quando lhe convém), entorpece os sentidos e teme o debate igualitário e a reflexão coletiva. As exceções só confirmam a regra. Cansados de situação similar a que passamos por aqui,

    Ler mais

  • Um passo à frente contra a ameaça fascista

    Bom dia, Vietnã !! Do outro lado do mundo, fica fácil enxergar o Brasil, sem a contaminação midiática que domina os corações e mentes quando estamos no país. A luta política, em qualquer nação ou sistema de governo, sempre se justifica, mas o que mostra a qualidade e objetivos da disputa, são as ferramentas que cada grupo utiliza ao buscar uma posição de

    Ler mais

  • Senado devolve simbolicamente mandato de Jango

    O Senado Federal tentou reparar sua conivência com o golpe militar de 1964. Hoje, o presidente João Goulart recebeu, de forma simbólica, o mandato de presidente da República em sessão solene. Jango foi destituído do cargo pelo golpe militar em 2 de abril de 1964. A devolução do mandato veio por meio do projeto dos senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP),

    Ler mais

  • JK foi assassinado, afirma Comissão da Verdade de SP

    A Comissão da Verdade da Câmara de Vereadores da cidade de São Paulo afirmou no dia 10 de dezembro de 2013 que o presidente Juscelino Kubitschek foi assassinado em 22 de agosto de 1976. Segundo a versão oficial, JK foi vítima de acidente na Dutra. As suspeitas de assassinato em complô armado pela ditadura militar sempre cercaram a morte do ex-presidente. “Há indícios incontestáveis de que o

    Ler mais

  • A busca pelo fim do mistério sobre a morte de Jango

    (texto atualizado em 2 de dezembro de 2014) Ontem, dia 1º de dezembro de 2014, a equipe de peritos coordenada pela Polícia Federal informou que não encontrou veneno na perícia nos restos mortais de João Goulart. Porém, a análise que durou cerca de um ano pode ser considerada inconclusiva já que a passagem do tempo pode ter apagado os vestígios de um possível envenenamento. A família de

    Ler mais

  • Marighella: a execução do inimigo número 1 da ditadura militar

    “A única coisa que parece não deixar dúvidas é a decisão dos altos escalões militares, àquela altura sob a hegemonia da linha dura, de que Marighella não deveria ser preso, deveria ser executado”.  (trecho do livro Carlos Marighella, o inimigo número um da Ditadura Militar, do jornalista Emiliano José) No momento em que o regime militar recrudescia, a morte de Marighella (conhecido como

    Ler mais

  • “Obama é uma víbora”

      Crítico frequente da política externa norte-americana, o diretor Oliver Stone declarou em entrevista recente no Japão: “Obama é uma víbora e nós temos que nos voltar contra ele”, referindo-se aos escândalos de espionagem do governo norte-americano. Na última semana, o jornal britânico The Guardian revelou que 35 líderes mundiais foram alvos de escutas do governo norte-americano. A fonte mais uma vez foi

    Ler mais

  • Por onde anda el sub?

      Com o rosto coberto com o pasamontañas (talvez o precursor dos lenços que escondem os rostos dos black blockers em todo o mundo) e seu inseparável cachimbo, o subcomandante Marcos  invadiu o imaginário político nos anos 90. Nos dias atuais, a mídia ignora completamente el sub e o EZLN (Exército Zapatista de Libertação Nacional), do qual é o principal líder. A luta

    Ler mais

  • 11 de setembro, por Ken Loach

    Produzido em 2002, 11’9”01 Semptember 11 é composto por 11 curtas de diferentes diretores sobre o atentado nos Estados Unidos. O episódio de Ken Loach traça um paralelo entre o 11 de setembro chileno e o norte-americano. A ditadura de Augusto Pinochet foi iniciada há exatos quarenta e um anos com um golpe militar que assassinou o presidente eleito Salvador Allende, em 1973,

    Ler mais

  • 25 de agosto Brizola cadeia da legalidade

    Como Brizola adiou o golpe militar após a renúncia de Jânio Quadros

    Em 25 de agosto de 1961, Jânio Quadros renunciou à Presidência da República. O abandono do cargo por Jânio jogou o país no colo dos militares. Graças à atuação do governador do Rio Grande do Sul na época, Leonel de Moura Brizola, os planos de golpe dos setores conservadores do país foram adiados. Infelizmente, a tomada do poder pelos militares aconteceu dois anos e

    Ler mais

  • Fotos da Primavera de junho

    Créditos das fotos: 1. Passe livre= início de tudo (Crédito desconhecido) 2.De mãos dadas contra a PM (Crédito desconhecido) 3. Uma cidade muda não muda (Crédito: facebook oene) 4. A periferia vai às ruas: protesto no Capão Redondo (Crédito: facebook Ninja) 5. A repórter da Folha de São Paulo, Giuliana Vallone, ferida no olho durante o protesto (Crédito: http://desventurasdeumalterego.blogspot.com.br/2013/06/protesto-contra-o-comodismo.html) 6. Protesto antes da

    Ler mais

  • Cinco flashes do gigante que acordou

    Flash 1 Na semana passada, a morena de legging colorido e polainas pretas vivia em pânico. Passou a ouvir a CBN e a Jovem Pan AM no caminho para a academia. Se tivesse protesto, perderia a aula de spinning. Nada podia atrapalhar a rotina de exercícios e o regime que já a tinha feito perder três quilos nos últimos dois meses. Flash 2

    Ler mais

  • Pot-pourri de textos (1)

    O Zonacurva fez um best of com 10 textos para colaborar no entendimento dos protestos que tomaram conta do país. Só a informação trará luz e ajudará a todos na formação de sua própria opinião sobre esse momento especial que o Brasil atravessa. O blog Zonacurva também produzirá material próprio e outras listas como essa. Aguardem! Vamos à lista: 1. O jornalista Breno

    Ler mais

  • Glória ao povo lutador *

    Vivi na Venezuela 6 dos melhores anos de minha vida. Já se passaram mais de 25 anos e lembro que abastecia-se o carro com moedas e o câmbio era imutável, um dólar sempre valiam 4 bolívares e 30 centavos. Apesar de muita vontade, nunca mais voltei. Amigos que ficaram por lá descreviam Chávez pelo lado folclórico. Cheguei a ouvir que o líder venezuelano

    Ler mais