Entrevista exclusiva com Bóson de Higgs

Em rápido intervalo de sua corrida diária no LHC, na fronteira da Suíça com França, o Bóson de Higgs, a partícula mais revolucionária do Universo, concedeu ao ZonaCurva uma curta entrevista exclusiva. Recluso há bilhões de anos, a partícula nos contou sobre seu breve contato com Deus, a vida boêmia e de seu filme preferido, Blade Runner. Confira!

Zonacurva – Como o senhor prefere ser chamado, Bóson de Higgs ou partícula de Deus?

– Esse Higgs é ególatra como todo cientista, tinha vários com ele quando me descobriram e eu fiquei com seu nome, não aceito isso. Talvez ele ganhe o Nobel por minha causa, já está com 83 anos e me descobrir não é para qualquer um, sem falsa modéstia, Higgs pode levar um milhão de euros, trabalhou muito, ele merece. Me chame de Bóson X. Partícula de Deus é mais ridículo ainda, há alguns bilhões de anos eu O conheci, circulava pelo vazio sempre preocupado com um projeto novo, um tal de Universo, foi um papo rápido e profundo.

Zonacurva – Profundo como?

– ELE é enigmático. Naquela época, eu frequentava com outros bósons um bar com uns prótons meio revolucionários que falavam de um boato que ia rolar um tal de Big Bang, ficávamos papeando até altas horas sobre a existência ou não de buracos negros, viagens intergalácticas, antimatéria, essas coisas, era uma época muito louca, de novas descobertas. Um dia ELE apareceu por lá e falou para mim e alguns colegas bósons se queríamos participar de seu projeto e explicou o nosso trabalho: imersos na lama cósmica, doaríamos massa para todos. ELE falou sobre a importância do serviço já que deveríamos fornecer a massa proporcional ao que cada um aguentaria carregar por bilhões de anos. Lembro DELE ter dito que escolheu a lama porque é nela em que todos realmente encontram sentido para sua existência, algo assim, não lembro direito, eu estava meio alto, ah!, ELE disse também que do barro ia fazer vocês.

Invisível a olho nu, Bóson de Higgs está na foto em algum lugar

Zonacurva – Vocês quem?

– Os humanos! Vocês agora inventaram de que soluciono o Modelo Padrão, nunca fui muito de me adaptar, muito menos em Modelo Padrão de cientistas que passam a maior parte de suas vidas dentro de laboratórios e sabem pouco sobre os mistérios reais e infindáveis do Universo. Como o androide de Blade Runner, adoro esse filme, vi coisas que vocês, humanos, nem imaginam. Não é agora que me encaixarei nesses modelinhos científicos. Aliás, essa teoria não dá conta nem de 5% do que rola por aí. Tem muita água para passar embaixo dessa ponte. Fiquei muito orgulhoso de vocês me classificarem como uma partícula importante, realmente organizo quase cem tipos de partículas. Não quero parecer arrogante, falam que sou assim devido ao complexo de inferioridade por causa do meu tamanho, maldade!

Zonacurva – Por que você só resolveu aparecer agora, depois de tanto tempo?

– Os da nossa espécie nunca gostamos muito de aparecer, preferimos o anonimato. Gastaram 10 bilhões de dólares para acelerar o caos e eu e outros amigos ficamos viciados nessa geringonça. As colisões por aqui são um barato.

ZonacurvaNós, humanos, temos muita curiosidade sobre o início de tudo, existiu o Big Bang? Você surgiu do nada?

– Cara, vocês perdem muito fosfato com isso, como vocês gostam de escrever no twitter, essa sim uma invenção bacana, #ficadica, tinha um bóson que sabia sobre a origem de tudo, faz tempo que não o vejo, desculpe, tenho que ir, vai rolar umas colisões iradas daqui a pouco, nos falamos.

One Comment

  1. Rizzieri 13/07/2012

    Sensacional ! Muito bom mesmo, perspicaz e irônico….perfeito para esses “seres humanos”.

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: