Exposição Ai-5 50 ANOS no Instituto Tomie Ohtake

Dividida em núcleos como censura, criminalização da opinião e reflexões sobre a crise institucional que se seguiu à abertura democrática, a exposição traz trabalhos artísticos que nos fazem refletir sobre o período do Ato Institucional No. 5, que completa 50 anos em 2018. O AI-5 aprofundou o país ainda mais na escuridão da ditadura militar brasileira (1964-1985).

Com obras de artistas como Regina Silveira, Claudia Andujar, Bruno Dunley e Helio Oiticica, a mostra passa por diversos estágios de restrição dos direitos democráticos e destaca múltiplas atitudes de contestação, grito e reflexão. Há também textos e documentos de contextualização, além de algumas obras de artistas mais jovens que dialogam com o período.


Obra de 1967 de Carlos Zilio

Serviço:

Instituto Tomie Ohtake
Av. Brg. Faria Lima, 201 – São Paulo

A exposição fica em cartaz até 4/11. 

De terça a domingo das 11h às 20h.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: