9 de agosto sharon tate fonte daily mail foto 2

O trágico filme B da morte de Sharon Tate

Em 9 de agosto de 1969, a atriz Sharon Tate, com apenas 26 anos, foi assassinada na Califórnia a mando do psicopata Charles Manson. Grávida de 8 meses e esposa do diretor de cinema Roman Polanski, de Bebê de Rosemary (1968) e Chinatown (1974), entre outros grandes filmes, Tate protagonizou involuntariamente um absurdo roteiro de filme B de horror.

Tate e Polanski apaixonaram-se durante as filmagens do filme A Dança dos Vampiros, em 1967. No início das filmagens, Polanski teve pouca paciência com a atriz Sharon, chegando a rodar setenta vezes uma mesma cena para ficar satisfeito. Após o filme, foram viver juntos em Londres, onde se casaram em 20 de janeiro de 1968. Logo depois, mudaram para uma mansão no coração de Hollywood.

9 de agosto Sharon Tate Roman Polanski foto 1
Sharon Tate e Roman Polanski contracenam em A Dança dos Vampiros

Sharon Marie Tate nasceu em Dallas, no Texas, em 24 de Janeiro de 1943, filha do coronel Paul Tate, um oficial do exército norte-americano e Doris Gwendolyn.

O brutal crime foi praticado por 4 integrantes de A Família, espécie de seita criada por Manson. Além de Tate (apunhalada 16 vezes), os assassinos vitimaram Wojciech Frykowski (apunhalado 51 vezes), amigo de longa data de Polanski, a namorada de Frykowski, a milionária herdeira da indústria do café, Abigail Folger, o cabelereiro Jay Sebring, que chegou a ser noivo de Tate e tornou-se grande amigo do casal após o casamento da atriz com Polanski, e Steven Parent, assassinado na estrada próxima à casa de Tate, no bairro de Bel Air, em Los Angeles.

9 de agosto sharon tate fonte daily mail foto 2
Sharon Tate

No dia do crime, Polanski trabalhava na produção de seu novo filme, O dia do delfim, na Europa, que nunca foi realizado. Na noite seguinte, o mesmo grupo invadiu a casa de Leno LaBianca, dono de supermercados, e sua esposa Rosemary, e matou os dois.

Para Polanski, a tragédia familiar repetiu-se: sua mãe, Bula Polanski, foi assassinada grávida de 4 meses na câmara de gás no campo de concentração de Auschwitz na Segunda Guerra Mundial.

9 de agosto sharon tate foto 3

Em sua autografia, Roman, de Polanski, o diretor escreveu sobre o crime:

“Logo que os assassinatos foram descobertos, os meios de comunicação informaram-se com os bisbilhoteiros de Hollywood e começaram a agitar alusões a orgias, festas com drogas e magia negra. Não apenas a comunidade mais puta, mas também a mais insegura do mundo, Hollywood estava tentando achar uma explicação que culpasse pura e simplesmente as vítimas e assim reduzisse a ameaça a Hollywood como um todo. O raciocínio corrente era de que Sharon e aqueles que morreram com ela eram responsáveis pelas suas próprias mortes, porque tinham se metido em práticas sinistras e andavam com uma turma errada. Nada do gênero podia jamais ter acontecido a gente comum, decente e temente a Deus. O fato de um casal perfeitamente normal, os LaBianca, haver sido assassinado em circunstâncias similares no dia seguinte foi convenientemente ignorado”.

A imprensa na época explorou até o osso todos os detalhes do crime. A revista Time publicou: “foi uma cena tão sinistra quanto tudo descrito nas explorações em filmes de Polanski, dos aspectos escuros e melancólicos do caráter humano”.

Não cabe detalhar os detalhes tétricos do crime arquitetado por uma figura doentia como Charles Manson. Para terminar, mais duas fotos de Sharon e sua filmografia, curta devido à morte precoce:

9 de agosto sharon tate foto 49 de agosto sharon tate foto 5

 

Filmografia de Sharon Tate:

1961 – Barrabás

1966 – O Olho do Diabo

1967 – A Dança dos Vampiros

1967 – O Vale das Bonecas

1968 – Arma Secreta contra Matt Helm

1969 – 12+1

Comments (2)

  1. Pingback:Filme de Tarantino conta a tragédia da atriz Sharon Tate - Zona Curva

  2. Silvia Lima 24/01/2017

    A vida de um dos meus diretores favoritos é uma tragédia sem fim.

    Reply

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: