Para crianças que leem

A Pequenina e o Fantástico Baile Estelar, novo livro de Tael de Araújo, pergunta aos pequenos leitores: você está disposto a lutar pelos seus sonhos?

Certa noite, Tael de Araújo, pseudônimo do escritor goiano Israel Teles, percebeu que sua filha observava atenta o móbile, com a lua e algumas estrelas, que girava sobre seu berço ao som de uma melodia. Foi quando surgiu a ideia que alguns meses depois resultaria no livro A Pequenina e o Fantástico Baile Estelar, lançado recentemente em formato e-book.

Voltada ao público infantil, a obra conta a história de Zazá, que observa do seu berço a noite pela janela de seu quarto, enquanto tenta descobrir um jeito de alcançar a lua e as estrelas. Sem encontrar uma solução, mas sem desistir do que quer, a pequenina acaba adormecendo, e é sonhando que consegue o que parecia impossível até então. Zazá adentra um salão, onde a lua e as estrelas a recepcionam e a convidam para um fantástico baile estelar.

28 de janeiro A Pequenina e o Fantástico Baile Estelar foto 1

As ilustrações da obra, também de autoria de Tael de Araújo, possuem traços simples, nada perfeccionistas, que se aproximam e criam uma identidade imediata com o leitor, que reconhece seus próprios traços nos traços do autor.

Interessante a maneira como Tael de Araújo escreve para um público muito jovem  sobre a importância de não desistir do que se quer, utilizando o sonho como uma alternativa viável para alcançar nossos objetivos. Se for verdade o que diz aquele ditado – “Se podemos imaginar, então podemos realizar” – o caminho parece ser este mesmo.

Outro mérito do livro é a linguagem simples, porém honesta e direta, com a qual o autor conversa com seus leitores. Ao contrário de muitos livros infantis que já tive a oportunidade de ler, Tael de Araújo respeita a capacidade de raciocinar que toda criança possui. A obra instiga a pensar, a imaginar, colocando o pequeno leitor no lugar de Zazá.

Eu acredito, e creio que Tael de Araújo também acredite, que é na infância que arraigamos princípios e conceitos que levaremos pela vida inteira. E estas verdades permearão nosso futuro, nossas escolhas, e as pessoas que seremos: eis a importância da infância, e de passar aos pequeninos valores que, ao invés de um fardo, serão uma libertação.

A literatura possui um papel importante nessa formação de personalidade individual. É o combustível e a mola propulsora que ativa as engrenagens de nosso cérebro, e nos ensina a pensar com a nossa própria cabeça. E quando a literatura deixa de ser somente entretenimento, e passa a ser motivo de reflexão, de indagação, de imaginação, ela cumpre integralmente seu papel, e promove mudanças reais na vida do leitor. Mudanças talvez imperceptíveis, mas fundamentais para a evolução da espécie.

E daí não importa se o leitor tem sete ou setenta anos: a literatura deve tirá-lo do lugar onde ele confortavelmente se encontra.

O primeiro e-book de Tael voltado ao público infantil, A Incrível Fábrica de Lagartos, tal qual A Pequenina e o Fantástico Baile Estelar, também interage e trata o leitor com respeito e honestidade. Instiga os pequenos a pensar, e cria com eles uma conexão natural e amistosa.

O fato de o livro ser lançado em formato digital, e possuir booktrailer, trilha sonora, e uma série de possibilidades de intercâmbios sociais, somente facilitam esse vínculo, estimulando o leitor de diferentes maneiras. A tecnologia se torna aliada da literatura, e passa a acrescentar na relação leitor/autor e obra – como deve ser.

O e-book está disponível para download gratuito no site www.taeldearaujo.com.br. Seu booktrailer pode ser visto em http://youtu.be/CpY2AUmkmb0. Já a música da obra, assim como sua animação, pode ser conferida em https://www.youtube.com/watch?v=a5mhYxDcGqo.

Editora, produtora cultural e escritora, autora dos livros Uma Carta por Benjamin (Ed. Multifoco, 2009) e O Túmulo do Ladrão (Ed. Multifoco, 2013). Página na internet: www.janalauxen.com

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: