• Lula no 4 encontro de blogueiros

    Lula alerta para o perigo da negação da política

    Lula discursou por mais de uma hora no 4º Encontro de Blogueiros e Ativistas Digitais na sexta (dia 16 de maio) e falou sobre a imprensa, Copa do Mundo, protestos e uma perigosa onda de despolitização que contamina boa parte da sociedade brasileira. Se, de um lado, uma juventude ocupa constantemente às ruas em busca de um novo protagonismo político, de outro, parte

  • 28 de março ditadura militar e empresários

    Comissões da verdade preparam relatório sobre a relação entre empresas e ditadura

    A Comissão Nacional da Verdade e a Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva” realizaram o seminário “Como as empresas se beneficiaram e apoiaram a ditadura militar” no dia 15 de março na Assembleia Legislativa de São Paulo. O evento foi uma iniciativa do grupo de trabalho “Ditadura e Repressão aos Trabalhadores e ao Movimento Sindical” e reuniu pesquisadores, jornalistas

  • Febeapá e o nosso eterno Festival de besteira que assola o país

    Febeapá – Basta um breve passeio pelos jornais, twitter ou facebook, para constatar que o FEBEAPÁ (Festival de Besteira que assola o país) continua mais ativo do que nunca. O festival foi criado por Stanislaw Ponte Preta, pseudônimo do escritor e jornalista Sérgio Porto. Escritos por Stanislaw Ponte Preta, os três volumes do FEBEAPÁ foram publicados entre 1964 e 1968 e atacavam em

  • A resistência de jornalistas na ditadura

    O curta-documentário Imprensa Paulista na Ditadura (1964-1985) dá voz a algumas figuras do jornalismo paulista, como Raimundo Rodrigues Pereira e Bernardo Kucinski, que sofreram nas redações os anos de chumbo da Ditadura Militar. Produzido pelos alunos do curso de comunicação da FITO (Faculdade Instituto Tecnológico de Osasco), o vídeo demonstra o interesse de jovens estudantes na história de resistência de abnegados jornalistas contra

  • E se não existissem as aulas de Educação, Moral e Cívica

    Nos início dos anos 80, o adolescente classe média que não estava diretamente ligado ao combate ao regime de exceção que os militares nos impuseram por 21 anos, percebia algo errado quando ia assistir ao seu programa favorito e era avisado que o mesmo tinha sido liberado por uma tal de censura federal. Para quem não se lembra: Noutro dia pela manhã, entre

  • Fantasmas à solta

                Sempre passo por um Uno cinza estacionado próximo à minha casa. No banco traseiro, folhetos com fotos de paradas militares, jornalecos com frases nacionalistas e bandeiras do Brasil. Outro dia, me assustei com um livro no banco traseiro, na capa, uma foto tosca do ex-presidente Geisel e o título: “A verdade sobre Ernesto Geisel”.              Fui comprar pão e defronte à casa,

Por favor, espere...

Cadastre-se e receba novidades!

Preencha seu email e nome.