• crimes ditadura militar

    Brasil precisa da CIA para confirmar que Geisel e Figueiredo foram mandantes de assassinatos

    por Fernando do Valle Triste o país que precisa de documento da CIA para confirmar que os ditadores Ernesto Geisel e João Figueiredo foram mandantes de assassinatos. Informados em 1974 por generais sobre o extermínio de 104 opositores à ditadura civil-militar durante o governo do ditador Médici, ambos resolveram prosseguir com a “política” de execução de brasileiros contrários ao governo. Ontem Matias Spektor,

    Ler mais

  • A cooperação da Volkswagen com a ditadura brasileira

    por Fernando do Valle A colaboração de algumas empresas com a ditadura no Brasil (1964-1985) ainda deve ser devidamente esclarecida quando fica cada dia mais evidente o benefício que corporações multinacionais e nacionais obtiveram através de suas relações próximas com o regime de exceção. A filial brasileira da indústria de automóveis alemã Volkswagen exemplifica como a repressão à liberdade dos trabalhadores foi utilizada

    Ler mais

  • harry shibata ditadura militar

    Ministério Público de São Paulo denuncia legista Harry Shibata por ocultar assassinato da ditadura

    por Fernando do Valle O Ministério Público Federal em São Paulo ofereceu na última semana nova denúncia contra o legista aposentado Harry Shibata, acusado de forjar laudo necroscópico de Helber José Gomes Goulart, da ALN, morto pelo Doi-Codi em julho de 1973. Segundo a acusação, o médico deliberadamente ignorou visíveis lesões de tortura no pescoço e na cabeça do corpo do militante da

    Ler mais

  • frei betto esperança

    Meu fio de esperança

    por Frei Betto Sou vivido. Vi o Brasil passar por muitas crises. O suicídio de Vargas, em agosto de 1954, estragou meu aniversário de 10 anos. JK soube, em 1956, contornar a rebelião militar de Jacareacanga. A renúncia de Jânio, em 1961, me levou às ruas pela primeira vez, em defesa da democracia. O golpe militar de 1964 me arrancou da faculdade de

    Ler mais

  • golpe de 64

    Os golpes

    por Carlos Fico Se consumado, o impeachment de Dilma Rousseff será um duro golpe na democracia brasileira, inclusive em função da banalização desse instrumento, que, nesse caso, terá sido usado duas vezes no Brasil em pouco menos de 25 anos. “Que país é esse” – para citar frase de tristíssima memória – no qual temos de recorrer ao impeachment com essa frequência? Será, também, um tremendo

    Ler mais

  • león ferrari entre ditaduras

    Exposição do iconoclasta León Ferrari no MASP

    por Fernando do Valle Considerado um dos maiores artistas plásticos argentinos, León Ferrari foi um severo crítico do cristianismo e da ditadura (1976-1983) em seu país, que assassinou um de seus filhos. O curioso é que para fugir de uma ditadura, Ferrari escolheu outro país que amargava sina semelhante, Ferrari viveu por aqui entre 1976 e 1991. Quando retornou ao seu país, doou

    Ler mais

  • A morte de Vladimir Herzog e o Brasil que não queremos

    por Fernando do Valle Noite de 24 de outubro de 1975, agentes da ditadura chegam à redação da TV Cultura com a ordem de levar o diretor de jornalismo da TV Cultura, Vladimir Herzog, para depor sobre suas ligações com o PCB – Partido Comunista Brasileiro no II Exército. Iniciou-se ali uma negociação entre os jornalistas da redação e os agentes para que

    Ler mais

  • passeata dos cem mil evandro teixeira

    O grito da Passeata dos Cem Mil contra a ditadura militar

    A barra estava pesada em junho de 1968. Em março daquele ano, o estudante Edson Luís tinha sido assassinado pela repressão no restaurante Calabouço no Rio. Em 21 de junho, o dia que ficou conhecido como a sexta-feira sangrenta, a ditadura militar reprimiu com violência uma manifestação: quatro manifestantes foram assassinados, outros 23 baleados e centenas de opositores acabaram detidos no centro da

    Ler mais

  • Em 1970, os Tupamaros de Mujica contra Dan Mitrione, o mestre da tortura

    O policial norte-americano e mestre em tortura Dan Mitrione foi enviado pelo governo daquele país ao Brasil e Uruguai para ensinar seu método de tortura que consistia em “provocar dor com precisão no momento preciso e na quantidade precisa para obter o efeito desejado”. Como cobaias em suas sádicas aulas, Mitrione usava presos e mendigos para demonstrar na prática como torturar sem deixar

    Ler mais

  • 11 de setembro Rubens Paiva processo jurídico foto 1

    Tribunal Regional Federal do RJ deve julgar acusados da morte de Rubens Paiva

    O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) determinou ontem o prosseguimento de ação penal contra cinco militares reformados acusados da morte do ex-deputado Rubens Paiva, em janeiro de 1971, nas dependências do Destacamento de Operações de Informações (DOI) do Exército, na Tijuca. Seu corpo nunca foi encontrado. A Justiça negou o habeas corpus impetrado pelos militares, que visava ao trancamento da ação. A defesa

    Ler mais

  • Evento Ditadura civil-militar, o que a psicanálise tem a dizer?

    Há 50 anos, o Brasil sofria o golpe militar que instituiu um regime de exceção brutal que perdurou por 21 anos. O Instituto Sedes Sapientiae de São Paulo discutirá as relações entre política, memória e psicanálise no evento Ditadura civil-militar, o que a psicanálise tem a dizer? Os debates contarão com a presença de Maria Rita Kehl, psicanalista e integrante da Comissão Nacional

    Ler mais

  • Comissão da Verdade suspeita de plano da ditadura para matar Glauber Rocha

    Acusado de difundir calúnias contra regime militar no Brasil e classificado como “um dos líderes da esquerda no cinema”, sendo o que “mais atuava na campanha contra o país, na Europa”, o cineasta Glauber Rocha foi vítima de espionagem e perseguição pela ditadura. Na última sexta (16), a Comissão Estadual da Verdade do Rio revelou documentos produzidos pelas Forças Armadas contra o diretor. A

    Ler mais

  • Ex-delegado Cláudio Guerra revela envolvimento de coronel da ditadura militar na morte de Zuzu Angel

    Em depoimento prestado à Comissão Nacional da Verdade nesta quarta-feira (23 de julho), o ex-delegado do DOPS do Espírito Santo, Cláudio Guerra, afirmou que o coronel Freddie Perdigão Pereira provocou o acidente que resultou na morte da estilista Zuzu Angel, em 1976. O crime complementa o currículo de algoz a serviço do regime militar de Pereira. O coronel atuou no DOI-CODI de São

    Ler mais

  • 9 de junho Giovanni Enrico Bucher sequestro ditadura militar foto 1

    E no sequestro, o embaixador suíço quase esqueceu o cigarro

    O embaixador suíço Giovanni Enrico Bucher foi sequestrado pela VPR (Vanguarda Popular Revolucionária) na rua Conde de Baependi, bairro das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, em 7 de dezembro de 1970. No comando da ação, Carlos Lamarca aponta a arma para Bucher que calmamente pede a Lamarca para buscar no Buick da embaixada seus cigarros. Também impassível, Lamarca aceita que o suíço os

    Ler mais

  • 29 de maio paulo malhães morte rubens paiva

    Decisão histórica da Justiça acata denúncia contra militares envolvidos na morte de Rubens Paiva

    A Justiça Federal aceitou na segunda (dia 26 de maio) denúncia contra cinco militares reformados pela morte do deputado Rubens Beirodt Paiva pelos crimes de homicídio, ocultação de cadáver, associação criminosa armada e fraude processual. José Antonio Nogueira Belham, Rubens Paim Sampaio, Jurandyr Ochsendorf e Souza, Jacy Ochsendorf e Souza e Raymundo Ronaldo Campos serão os primeiros militares a irem a julgamento por

    Ler mais

  • 25 de abril Diretas já congresso nacional foto 1

    Derrota da emenda das Diretas Já! amplia consciência

    A rejeição da emenda Dante de Oliveira, no início da madrugada de 26 de abril de 1984, pela ausência de parlamentares e voto contrário de deputados do PDS, deixaria entrever situações bastante sui generis para os milhões de brasileiros que, nas capitais estaduais e municípios por todo o país, empenharam-se na luta pela aprovação da emenda que restabeleceria o direito de eleger o

    Ler mais

  • 24 de abril Rubem Fonseca (fonte blog Monte de Leituras) no final dos anos 70 (1)

    Rubem Fonseca e o silêncio que não apaga o passado

    Como o escritor Rubem Fonseca sente verdadeira ojeriza por entrevistas, sempre pairou a desconfiança de que a causa dessa aversão advém da tentativa de esconder seu convívio nos anos 60 com algumas figuras de destaque da ditadura militar. Fonseca participou da direção do IPÊS (Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais), que organizou a base ideológica para o golpe de 64, e foi próximo

    Ler mais

  • 16 de abril comicio diretas já foto 2

    O Brasil despertou no movimento das Diretas Já!

    Depois de duas décadas de arbítrios do regime militar, o movimento das Diretas Já acordou o povo brasileiro para a urgência da participação política. Entre o final de 1983 e o início de 1984, vários comícios mobilizaram o país pelas eleições diretas para presidente da República. Em 16 de abril de 1984, o comício das Diretas Já no Vale do Anhangabaú, na cidade de

    Ler mais

  • Protesto com samba na DEScomemoração do golpe de 64

    O bloco carnavalesco Cordão da Mentira irá desfilar em DEScomemoração aos 50 anos do golpe militar de 64. Com intervenções artísticas e sambas de autoria própria, o Cordão volta às ruas no dia 1º de abril (terça) a partir de 17h30 em frente ao Memorial de Resistência, no Largo General Osório, na cidade de São Paulo. O bloco realizou seu primeiro desfile em

    Ler mais

  • 27 de março Honestino Guimarães regime militar

    Líder estudantil, Honestino Guimarães foi morto pelo regime militar em 1973

    O desaparecimento do líder estudantil Honestino Guimarães em 1973 comprova como o regime de exceção matou e torturou de forma indiscriminada. Honestino, eleito presidente da UNE em 1971, sempre foi contrário a qualquer tipo de ação armada e morreu após dar entrada no temido Cenimar (Centro de Informações da Marinha) no Rio de Janeiro em 1973, com apenas 26 anos. A história de

    Ler mais

  • Millôr explica a diferença entre democracia e ditadura

    “A diferença entre uma democracia e um país totalitário é que numa democracia todo mundo reclama, ninguém vive satisfeito. Mas se você perguntar a qualquer cidadão de uma ditadura o que acha do seu país, ele responde sem hesitação: “não posso me queixar”.” Há dois anos, em 27 de março de 2012, o escritor, jornalista e o faz tudo e mais um pouco

    Ler mais