• impedimentos, atrasos e lutas

    De impedimentos, atrasos e lutas

    por Elaine Tavares  A política brasileira vem se revirando desde há meses. Com um Congresso Nacional altamente conservador, as pautas que interessam aos poderosos de sempre vão sendo vencidas sem maiores tropeços. Questões relacionadas às chamadas bancadas da bala, da bíblia e do boi, não encontram obstáculos. Os conservadores são maioria e tudo que lhes convêm passa. Assim, um atrás do outro, os

    Ler mais

  • protestos dia 16 de dezembro

    Esquerda unida contra o impeachment e Eduardo Cunha

    por Fernando do Valle Dividida durante este ano, a esquerda uniu suas forças ontem contra a desfaçatez de Eduardo Cunha e o golpe preparado por setores conservadores. O protesto mobilizou milhares de pessoas nas avenidas das principais capitais brasileiras. Segundo os organizadores, 100 mil protestaram na avenida Paulista ontem, para o DataFolha, foram 55 mil.   A presença dos militantes do MTST (Movimento

    Ler mais

  • #nãovaitergolpe

    A mensagem das ruas

    por Guilherme Scalzilli O êxito das manifestações antigolpistas faz contraponto inevitável com as minguantes passeatas da direita. A diferença é óbvia, tanto na quantidade quanto na pluralidade da adesão. O projeto do impeachment perdeu de vez o argumento da força representativa. Pouco importa a previsível manipulação do noticiário, em seu desespero infantil para esconder os fatos. A desmoralização da imprensa corporativa só alimenta o belo

    Ler mais

  • #naovaitergolpe

    Resista, Dilma

    por Ivan Proença O indivíduo e joio Cunha, com o (não) caráter que Deus lhe deu, foi apenas o executor daquilo que seus cúmplices diretos ou indiretos desejavam. Entre esses, os políticos sujos e, pior, jornalistas (articulistas de fundo ou não), matérias assinadas no incorrigível O Globo, ou grande imprensa em geral, revistas não veja, fora de época e isto não é. São muitos

    Ler mais

  • #foracunha

    Mulheres contra Cunha em Florianópolis

    por Elaine Tavares A mãe de S.M.L tinha um plano para ela. Iria trabalhar numa repartição pública e casar com um bom rapaz para lhe dar muitos netos. Tudo parecia seguir o curso, mas quando tinha 20 anos, S. conheceu um cara. Ele era músico e, na cidade, um marginal. A mãe jamais o aceitaria. Ela não deixou passar a oportunidade de viver

    Ler mais

Por favor, espere...

Cadastre-se e receba novidades!

Preencha seu email e nome.