setembro 2016 - Zona Curva
  • Cadê os omeletes?

    por Frei Betto No final da década de 1920, o escritor romeno Panait Istrati visitou a União Soviética. Testemunhou, horrorizado, os expurgos de Stálin. Um dirigente comunista tentou convencê-lo de que era necessário o uso de tanta violência para construir o socialismo: “não se pode fazer omeletes sem quebrar os ovos”. O romeno retrucou: “de acordo. Vejo ovos quebrados. Mas onde estão os

    Ler mais

  • lula denúncia mpf

    Lula também será vítima de “julgamento político”

    por Guilherme Scalzilli Jamais existiu a menor perspectiva de Lula ser tratado com isenção nos processos da Lava Jato. Sua condenação em primeiro grau é tão óbvia quanto o viés antipetista do Judiciário. “Não temos provas cabais, mas temos convicção”, o mote da denúncia feita pelo Ministério Público, resume perfeitamente essa tendência. A frase representa mais do que uma confissão metodológica dos procuradores. É

    Ler mais

  • juscelino-kubitschek golpes

    Este texto não é sobre Lula

    por Fernando Bastos Neto Vocês sabem que Juscelino Kubitschek é um dos políticos mais prestigiados do Brasil. Faz algum sentido. Os anos JK são conhecidos como a “Era Bossa-Nova”. O Brasil parecia estar finalmente na direção do desenvolvimento e industrialização. Foi o tempo da construção de Brasília, mas também do Plano de Metas, dos cinquenta anos em cinco, de capitais estrangeiros sendo atraídos,

    Ler mais

  • cronica contra intolerância

    Eu cresci na 28, em meio às putas

    por Elaine Tavares A rua 28, em Uruguaiana, na Banda Oriental, hoje parte do Rio Grande, é mítica. Ali, eu passei a minha meninice. Morávamos então na casa do meu avô Dionísio. Ele tinha um bar, bem na esquina em frente ao bebedouro, e do lado do Instituto Rio-grandense do Arroz. No entroncamento das ruas passava o trilho do trem e nossa diversão

    Ler mais

  • de costas para o futuro texto frei betto

    De costas para o futuro

    por Frei Betto Prevê-se que o recuo do PIB brasileiro, este ano, será de 3,2%. O do PIB per capita, 9,1%. Nos países ricos, a média do PIB per capita é, atualmente, de US$ 20 mil. No Brasil era, em junho de 2011, de US$ 13,2 mil. Em junho deste ano, US$ 8,850. Empobrecemos. O PIB teve crescimento médio anual de 2,3% com

    Ler mais

  • balanço do golpe

    Balanço do golpe I

    por Guilherme Scalzilli Os equívocos administrativos dos governos Dilma Rousseff são insuficientes para explicar o sucesso do golpe. Os péssimos índices socioeconômicos, a corrupção e a impopularidade não abreviaram os mandatos de José Sarney e FHC, por exemplo. A associação dos fracassos gerenciais de Dilma com a queda visa dar a esta um verniz meritório, criando pretextos para a negociata que os golpistas

    Ler mais

  • carlos caszely pinochet

    Um gol inesquecível contra Pinochet

    por Urariano Mota Entre as imagens que nos vêm a partir do 11 de setembro de 1973, do dia em que houve o golpe militar contra Salvador Allende, entre tantas imagens vivas, uma poderia ser, com razão, do presidente Allende resistindo de capacete em último recurso, com alguns fiéis militantes às portas do palácio La Moneda. Essa imagem fala de um socialista democrata,

    Ler mais

  • frei betto

    Brasil, começar de novo

    por Frei Betto No Brasil, agosto é mesmo o mês do desgosto. Em agosto de 1954, Getúlio Vargas, escorraçado do poder por pressão da Aeronáutica, disparou uma bala contra o próprio coração e saiu “da vida para entrar na história”, como registrou na carta-testamento. Em agosto de 1961, Jânio Quadros renunciou à presidência da República na esperança de voltar ao poder nos braços

    Ler mais