• Geração Z sofre com eco-ansiedade, medo da destruição ambiental

    Estudos realizados pela Universidade Britânica de Bath mostram que 75% dos jovens se mostram preocupados com a questão climática   Nos últimos anos, a pauta ambiental tem se tornado uma causa quase unânime entre os jovens do mundo todo, principalmente para a geração Z (jovens que nasceram entre a metade da década de 90 e o início deste século). Isso torna-se visível com

    Ler mais

  • Sesc Ipiranga exibe a mostra “Quarantine”, que traz o impacto da covid-19 nas artes brasileiras

    A exposição Quarantine no Sesc Ipiranga reúne obras de 31 artistas de diferentes partes do Brasil, que foram incorporadas ao Acervo Sesc de Arte, a partir da iniciativa realizada como resposta aos impactos que o mundo sofreu ao enfrentar a pandemia de Covid-19 e, em particular, no campo das artes visuais. Entre as obras adquiridas por meio do projeto para a coleção permanente

    Ler mais

  • boric

    Eleição de Gabriel Boric no Chile traz esperança para a esquerda da América Latina

    Boric -Eleito no último dia 19 de dezembro, Gabriel Boric, 35 anos, é o presidente mais jovem da história do Chile. Iniciou sua carreira política como líder estudantil do grupo “Esquerda Autônoma”, foi presidente do diretório estudantil da Universidade do Chile e se tornou deputado em 2013. Apoiou as manifestações contra as políticas neoliberais do presidente Sebástian Piñera que marcou o país em

    Ler mais

  • Aceite ser manipulado: tenha ódio de política

    Ódio de política – Há uma tradicional maneira de caçar ratos: basta colocar um pedaço de queijo dentro de uma armadilha. O roedor sente o cheiro da iguaria e, ágil, corre para devorá-la. Ao se aproximar, comete um erro involuntário que lhe custa a vida: pisa no mecanismo que fecha, automaticamente, a ratoeira, aprisionando-o. É o que faz o populismo de direita para

    Ler mais

  • Que venha 2022, a última live do ano

      A última live política ZONACURVA do ano foi ao ar no dia 15 de dezembro e trouxe previsões e especulações sobre os acontecimentos políticos de 2022, ano que será marcado por eventos como a Copa do Mundo e as eleições, e que sofrerá os impactos da crise econômica, política e sanitária que vivemos nos últimos anos. O bate-papo contou com a presença

    Ler mais

  • Documentário sobre Leila Diniz apresenta atriz para os jovens

    “Já que ninguém me tira pra dançar”, dirigido por Ana Maria Magalhães, abriu o 54° Festival de cinema de Brasília no dia 7 de dezembro  O longa reúne entrevistas e gravações inéditas, resgatando a participação de Leila Diniz na cultura brasileira e na luta feminista durante os anos mais duros da ditadura militar. O documentário também revela seu modo libertário de ser e

    Ler mais

  • Adeus 2021, sem saudade

    Retrospectiva 2021 – O ano que passou, no Brasil, foi um tempo de terror. E não foi só por conta do coronavírus, visto que o andamento da vacinação, ainda que lento, foi baixando os casos e as mortes. Apesar de todo o trabalho que o governo federal fez para impedir a imunização massiva da população, mesmo entre os apoiadores do governo, o chamado

    Ler mais

  • O caso El País e a reinvenção do jornalismo

    Reinvenção do jornalismo – O fechamento da edição brasileira do jornal espanhol El País recoloca em evidência a inevitabilidade de uma reinvenção do jornalismo e reforça os indícios de que a revisão do modelo atual da imprensa precisa começar pela recuperação das publicações locais na maioria das cidades no Brasil e no mundo. O fim do El País brasileiro mostra como jornais enfrentam uma enorme dificuldade

    Ler mais

  • Marighella morte

    Marighella, imortal no Tempo, nas vozes de Whitman, Maiakovski, Neruda, Shakespeare e Nietzsche

    Marighella – Algum predador poderia tê-lo visto desembarcar ou farejado seu corpo que se esgueirava pelo caminho que conduzia ao Tempo naquela noite escura, do dia quatro de novembro de 1969. O homem atacado, desconfiado, alerta, caminhava com esforço. Vinha do sul e também do norte, do oeste e também do leste, de todas as direções de sua Pátria que fora desde sempre

    Ler mais

  • Centro Cultural Fiesp recebe mostra sobre o Modernismo Brasileiro

    A Exposição Era Uma Vez o Moderno reúne mais de 300 obras e documentos inéditos sobre artistas e pensadores modernistas O centro cultural Fiesp, em parceria com o Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB/USP), instituição que guarda o maior acervo sobre o modernismo no país, reuniu diários, cartas, manuscritos, fotos e obras dos artistas e intelectuais que fizeram parte

    Ler mais

  • língua brasileira de sinais

    “A língua de sinais é completa,” afirma Jadson Nunes, intérprete de LIBRAS

    Colaboração de Isabela Gama O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA recebeu no dia 2 de dezembro o tradutor e intérprete de Libras Jadson Nunes. Em um bate papo esclarecedor, ele deu uma aula sobre a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), seu surgimento e sua importância social. Estavam presentes também o editor Zonacurva Fernando Do Valle, Luciana Rodrigues da Escola do Parlamento de Itapevi e

    Ler mais

  • fome bolsonaro

    Combater a fome e o veneno na alimentação

    Fome – A alimentação é o direito humano número 1. No Brasil, 19 milhões de pessoas (9% da população) padecem de fome crônica, agravada pela pandemia, o desemprego, o aumento dos preços dos alimentos (o maior desde 2003) e, sobretudo, o desgoverno Bolsonaro. A insegurança alimentar moderada e grave afetou 21,5% da população em 2004; 10,3% em 2013; e em 2020 chegou a

    Ler mais

  • shibas cantor

    Conversa ao vivo com o jovem cantor Shibas

    Com colaboração de Isabela Gama O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA recebeu o cantor e compositor pernambucano Bruno Shibas no dia 21 de novembro. O papo marcou o primeiro aniversário do programa no Youtube e contou com a presença do editor Zonacurva Fernando do Valle e do editor do Portal Vishows, Luis Lopes. Em conversa descontraída, Shibas contou sobre a sua relação com a

    Ler mais

  • A ditadura brasileira e os dois demônios

    Aqui, continuamos com os dois demônios no discurso da direita: “Se houve assassinatos, houve assassinatos dos dois lados”. Pior, temos continuado sob o demônio do terror de Estado, pois volta o negacionismo da ditadura Leio na SWI swissinfo.ch: “Buenos Aires, 8 dic (EFE).- El presidente argentino, Alberto Fernández, homenajeó este miércoles a las doce personas secuestradas entre el 8 y el 10 de

    Ler mais

  • imagem de Carlos Marighella

    Meus encontros com Marighella

    Marighella – Vi o filme dirigido por Wagner Moura. Um importante documento sobre a resistência à ditadura militar e a trajetória do destacado revolucionário brasileiro dos movimentos de luta armada Carlos Marighella. Nos ensaios, falei a atores e atrizes do filme sobre a ALN (Ação Libertadora Nacional), da qual fui militante. Sei dos desafios que Moura enfrentou para superar a falta de recursos

    Ler mais

  • Brasil não está quebrado – é a austeridade que sufoca a economia

    Austeridade – A falsa alegação de que o “país está quebrado” usada por Bolsonaro faz parte do terrorismo fiscal semeado pela mídia há anos para naturalizar cortes no orçamento e precarizar o serviço público. Entretanto, a pandemia deixou claro que a austeridade não passa de uma cloroquina econômica liberal. “O Brasil está quebrado, chefe. Eu não consigo fazer nada.” A declaração de Bolsonaro

    Ler mais

  • Clemente: o movimento punk nunca há de morrer

    Com colaboração de Isabela Gama Clemente – O CONVERSA AO VIVO ZONA CURVA recebeu, no dia 25 de novembro, Clemente Nascimento, vocalista da banda Inocentes e vocalista/guitarrista da Plebe Rude. Em entrevista ao editor Zonacurva Fernando do Valle e editor do Vishows Luis Lopes, o músico afirmou que a morte de jovens negros da periferia faz parte da política pública de extermínio realizada

    Ler mais