Elaine Tavares, Author at Zona Curva
  • América Central: a luta ainda vibra

    Independência América Central – Os governos da América Central (Guatemala, Nicarágua, Honduras, El Salvador e Costa Rica) celebram, nesse mês de setembro, o bicentenário de independência da colônia espanhola, quando, em 1821, esses países criaram a União das Províncias da América Central. Integravam-se assim ao furacão revolucionário que tomava toda a América Latina e, como acontecia no México e na América do Sul,

    Ler mais

  • Brasil: segue o “bonde” da destruição

    7 de setembro – O presidente do país segue governando na lógica do factoide, imitando seu ídolo Donald Trump. Parece não ter se dado conta do que aconteceu lá na matriz que tanto ama. A tática do factoide não deu certo. Trump foi derrotado fragorosamente. Por aqui, os marqueteiros do presidente continuam incentivando a mesma toada que, ao que parece, só serve mesmo

    Ler mais

  • #MarcoTemporalNão

    Povos originários: segue a batalha contra o marco temporal

    #MarcoTemporalNão – Mais de seis mil indígenas sentados em frente ao telão em Brasília esperavam por um fechamento da questão do marco temporal, a proposta esdrúxula de definir o ano de 1988 como ano “um” da ocupação indígena. Isso significa que, aprovada essa ideia, só poderão ser demarcadas as terras que os povos originários estivessem ocupando nesse ano específico. Ora, não precisa ser

    Ler mais

  • presidente peru

    Peru: difícil começo

    No Peru, as eleições parecem não ter acabado. Ainda que Pedro Castillo tenha vencido e assumido o cargo, a oposição, a mídia e os inimigos de qualquer proposta mais à esquerda agem como se o novo presidente não tivesse qualquer capacidade para governar. Os ataques têm sido sistemáticos, e a luta de classes se apresenta nas ruas, nos gabinetes, na vida cotidiana. Mas,

    Ler mais

  • O Império às claras

    Afeganistão – Ouvi ontem a fala do presidente dos Estados Unidos sobre a retirada do “seu” pessoal do Afeganistão. Ele informava à nação sobre a evacuação do país e sobre quem eles tinham decidido salvar. Tranquilo e sem pejo, ele disse que 28 mil afegãos tinham sido resgatados, aqueles que, durante esse tempo de ocupação, haviam colaborado com os Estados Unidos. “Fizemos isso,

    Ler mais

  • olimpíadas

    O Brasil em tempos de Olimpíadas e chantagens

    Olimpíadas – Os dias têm sido assim. De dia, a CPI da Covid no Congresso Nacional, um teatro de emoções simuladas, mentiras e atuações dramáticas que parecem ir para lugar nenhum. De noite, as Olimpíadas, onde atletas mal pagos, sem patrocínio e sem espaço para treinamento disputam os esportes individuais, alguns até arrebatando medalhas, o que faz a mídia entreguista vibrar e enaltecer

    Ler mais

  • haiti presidente

    Haiti, esse desconhecido

    A notícia do assassinato do presidente do Haiti, Jovenel Moïse, levantou uma série de dúvidas por parte dos brasileiros. Quem era esse presidente? Era de esquerda? O que houve foi um golpe? Vamos apontar aqui alguns elementos para tentar compreender o que se passa no Haiti. Primeiro sempre é bom lembrar que o Haiti foi a primeira nação negra da história nessa região

    Ler mais

  • covid e os ricos

    A crise e a Covid

    Até agora a pandemia tem feito muito bem aos ricos do país. Enquanto mais de 14 milhões de brasileiros caíram no desemprego e 40 milhões seguiram aos trancos e barrancos na informalidade, os 42 CPFs mais ricos do Brasil aumentaram sua riqueza em 180 bilhões de reais. Isso deixa bem claro porque os endinheirados não se importam quando a economia entre em crise.

    Ler mais

  • brasil descendo a ladeira

    La vai o Brasil descendo a ladeira

    A verdade é como um esqueleto no armário. Mais dia, menos dia, ela aparece, ainda que seja tarde. É assim que, agora, vai se revelando o que todos sabíamos: o juiz Sérgio Moro, que conduziu o processo contra Luiz Inácio Lula da Silva manipulou, mentiu, agiu ilegalmente e tudo mais. O que era nítido naqueles dias agora ressurge com nova roupagem, visto que

    Ler mais

  • bolsonaro coronavírus

    O plano é assaltar o Estado

    Pandemia Bolsonaro – O Brasil segue a passos largos no processo de contaminação pelo coronavírus, vivendo um de seus piores momentos desde julho, ultrapassando a marca dos 300 mil contaminados em uma semana. Enquanto isso, Bolsonaro desinforma sobre a vacinação, faz piadinhas, inaugura exposição de suas próprias roupas e vai pescar. Tudo isso diante uma população completamente apática. Os gritos só aparecem nas

    Ler mais

  • maradona esquerda

    Réquiem para Diego

    Ontem foi um dia que chorei um bocado. Cada vez que entrava na internet e via algum escrito sobre Diego Maradona, era uma sensação de perda profunda e dolorida. O Maradona era um cara especial. Um tipo que ficou famoso e poderia ter simplesmente vivido sua fama, sua grana, tornando-se um babaca como tantos que conhecemos. Não é fácil sair da pobreza, conquistar

    Ler mais

  • trump e biden

    A eleição nos EUA e a América Latina

    Então hoje se encerra mais um show, que é com o que se parecem as eleições estadunidenses. Comícios espetaculosos, muita produção, muita grana. A forma se sobrepondo ao conteúdo. Dois partidos que são como dois irmãos siameses, duas cabeças no mesmo corpo. Pelo menos no que diz respeito à política para Nuestra América. O país tem uma política de estado para nossos países

    Ler mais

  • bolsonaro marcha para jesus

    A novelização da política

    Gilberto Felisberto Vasconcellos tem sido nosso Jeremias, gritando na montanha contra a telenovelização da política. Gilberto faz a crítica, mordaz, feroz. Mas, tem sido ignorado nesse quesito. Segundo ele, a política brasileira tem seguido desde 1964 com o advento da Globo, uma estética telenovelizada e a novela real politiza as cabeças no sentido de extrair a mais-valia ideológica. Por isso que ver novela

    Ler mais

  • O conto de terror da pandemia no Brasil

    A realidade brasileira é um conto de terror. Se a pessoa assiste ao Jornal Nacional, da Rede Globo, fica chocada com os números da doença causada pelo novo coronavírus. Mais de 95 mil pessoas já morreram, sendo que muitas dessas mortes poderiam ser evitadas, seja com um bom sistema de atendimento, seja por uma ação nacionalmente coordenada de prevenção. O Brasil não tem

    Ler mais

  • Manifestações do povo negro nos Estados Unidos e Brasil

    O assassinato de George Floyd gerou uma onda de protestos no mundo todo na discussão do racismo e da violência policial contra os negros. Nos Estados Unidos, obviamente, as manifestações foram maiores. A comunidade negra, já calejada nesse sofrimento, explodiu em mais uma onda de protestos que iniciou violenta como reação imediata ao assassinato e, na medida em que foi sendo encampada por

    Ler mais

  • pandemia bolsonaro

    A pandemia e o imobilismo do governo Bolsonaro

    Pandemia Covid-19 – O número de mortos no Brasil vitimados pela Covid-19 se aproxima de 40 mil e mais de 700 mil brasileiros já foram infectados pelo vírus, mas, na televisão e nos jornais esses números aparecem como uma mensagem qualquer enquanto as famílias almoçam ou jantam. Ao que parece essa é uma realidade normalizada, bem diferente da do começo da pandemia quando

    Ler mais

  • covid-19 EUA

    O coronavírus e o poder político norte-americano

    CORONAVÍRUS – Os Estados Unidos são tidos como um dos países mais ricos do mundo, e provavelmente é. E, agora, com a explosão do coronavírus, fica bem fácil ver o porquê. No mundo capitalista, a riqueza é produzida pelos trabalhadores e se concentra na mão de um número pequeno de pessoas, que são as que detêm os meios da produção. Justamente por ser

    Ler mais

  • Coronavírus: o vírus e os trabalhadores

    Quem está acostumado a ver filmes de tragédias biológicas de roliúde sabe qual é a fórmula da desgraça: governos corruptos, um maluco que fez a merda, milhões de pessoas morrendo, um pequeno grupo de heróis tentando salvar o mundo. Ao final, os heróis revertem a coisa, salvam seus entes queridos, salvam os governantes, mas os milhões que morreram parecem não ter qualquer importância

    Ler mais

  • Os carregadores de voz

    Bolsonaro imprensa – O jornalismo é um fazer que, segundo o teórico Adelmo Genro Filho, deveria ser uma forma de conhecimento capaz de transitar entre o singular, o particular e o universal. Ou seja, aquilo que é único no acontecimento, sendo mostrado na relação com o todo. Só assim o leitor, espectador ou ouvinte poderá compreender o que realmente aconteceu, porque terá à

    Ler mais

  • Mineração ameaça terras indígenas

    O governo do Brasil encaminhou um projeto ao Congresso Nacional buscando liberar as áreas indígenas para mineração, geração de energia, agricultura e pecuária. Essa é uma promessa de campanha do atual presidente que finalmente foi colocada em andamento. Durante o primeiro ano de mandato, o presidente foi pródigo em declarações bombásticas contra os povos indígenas. Para ele, os indígenas ainda não são humanos

    Ler mais

  • Índios sob ameaça

    Nos fundões do Brasil, os jagunços armados invadem aldeias, matam índios e intimidam famílias. São “trabalhadores” da morte, a soldo dos fazendeiros ou mineradores ricos que provavelmente nunca sequer pisarão nas terras que querem tomar. Os jagunços estão ousados, sabem que a polícia, que deveria proteger as pessoas, também tem a mesma intenção que eles: servir aos poderosos. E que dentro da corporação

    Ler mais