• Pedro Castillo, presidente do Peru no Congresso Nacional do país

    Pedro Castillo e os dramas da política

    Quando Pedro Castillo foi eleito presidente do Peru, a esperança era de que o país iria encontrar seu caminho no rumo da vida digna para a população, acossada por sucessivos governos corruptos tocados pelos representantes da classe dominante local, que. por sua vez. é capacho das empresas estrangeiras e países centrais. Castillo, um professor, sindicalista e lutador social, viria para apontar mudanças num

    Ler mais

  • Esquerda brasileira

    Tio Sam, ajuda aí…

    Tio Sam – Precisamos falar das nossas derrotas. Estamos no chão. A esquerda brasileira se desmancha no ar, ainda que nunca tenha sido tão sólida. Ao que parece venceu a enganadora ideia de que é possível domesticar e amansar o capitalismo. Cenas como a de uma comissão de brasileiros notáveis indo pedir “ajuda” a Joe Biden para que ele defenda a democracia brasileira

    Ler mais

  • Quatro anos de Bolsonaro: desastre para os trabalhadores, alegria para os empresários

    Governo Bolsonaro – Durante um bom tempo muita gente trabalhou com a ideia de que a criatura que hoje está na presidência do país era um bronco, incapaz de governar. Nada mais errado. Nesses quatro anos, ele colocou para andar todas as suas promessas, garantindo praticamente todas as pautas da elite dominante. Já nos primeiros dias de governo declarou guerra aos povos indígenas,

    Ler mais

  • O golpe e a justiça na Bolívia

    Não ficou impune o golpe dado contra o presidente Evo Morales na Bolívia em 2019 envolvendo militares, lideranças evangélicas e civis servis. A ex-presidente golpista Jeanine Añez e vários outros chefes militares e policiais foram sentenciados por inúmeros crimes contra a Constituição daquele país nos dias que se sucederam a renúncia de Evo Morales e a assunção de um controle militar. Naquele novembro

    Ler mais

  • Os trabalhadores e os indígenas

    A luta dos povos indígenas nunca teve trégua desde a invasão portuguesa aqui nas terras de Pindorama. Primeiro foi a tomada do litoral, depois as bandeiras foram se espraiando pelo interior. Por fim, a Amazônia. Onde havia ocupação tradicional, os invasores foram “limpando”, o que significava, obviamente, extermínio. Até o início do século XX foi assim e foi o Marechal Rondon quem procurou

    Ler mais

  • bolsonaro presidente dos ricos

    No capitalismo, o governo é dos ricos

    A lógica do sistema capitalista é sempre garantir vantagens para os mais ricos. Sempre, sempre, sempre. Essa é uma lição que já deveria ter sido aprendida pela população que sofre cotidianamente com as políticas que são impostas para garantir essa máxima. No Brasil, comemos veneno porque o governo abriu as portas para os agrotóxicos, das empresas multinacionais. Também pagamos mais caro os alimentos

    Ler mais

  • O muro da República Dominicana

    Muro República Dominicana – O governo da República Dominicana anunciou nesta semana que vai expropriar vários terrenos localizados na fronteira com o Haiti – os dois países dividem uma mesma ilha no Caribe – para garantir o espaço de construção de um muro de separação. A intenção, segundo o presidente Luis Abinader, é, com isso, frear a crescente imigração e o contrabando. A

    Ler mais

  • Gabriel Boric e a questão mapuche

    Boric – O governo de Gabriel Boric, através da ministra do Interior do Chile, Izkia Siches, baixou recentemente decreto impondo “estado de exceção” em toda a região da Araucanía e em duas regiões de Biobío (áreas tradicionalmente mapuches). Isso significa que está autorizado o uso das Forças Armadas para enfrentar os protestos, sabotagens e paralisações de estradas que tem acontecido na região e

    Ler mais

  • eleições colômbia

    Colômbia se prepara para a eleição de domingo

    Os colombianos vão às urnas no próximo domingo, dia 29 de maio, para escolher o novo presidente da nação Eleições Colômbia – No último final de semana, os candidatos realizaram o fechamento da campanha, a maioria deles com atos públicos de massa. Federico Gutiérrez, da coligação de direita Equipo por Colômbia, vinculado ao grupo de Álvaro Uribe, ex-presidente, reuniu seguidores na cidade de

    Ler mais

  • desgoverno bolsonaro

    A dura realidade brasileira

    Governo Bolsonaro – Estamos quase na metade do ano, o último ano do mandato do atual presidente da República, e tudo o que se vê é a consolidação da pauta proposta lá na campanha eleitoral. O mote da candidatura era “acabar com tudo isso que está aí”. E é o que tem acontecido. Uma destruição sistemática do país. Mas, não se enganem. Esta

    Ler mais

  • Quem não paga imposto no Brasil?

    Li esse pequeno texto no perfil do jornalista Gustavo Gindre: “os quatro irmãos Salles são os principais acionistas do Itaú (cujo lucro líquido em 2021 foi de R$ 26,9 bilhões) e da CBMM (maior mineradora de nióbio do mundo). Calcula-se por alto que juntos eles possuam quase R$ 60 bilhões em patrimônio. Pois bem, quanto esses quatro senhores pagam de imposto de renda

    Ler mais

  • El Salvador e o autoritarismo em curso

    El Salvador é um pequeno país da América Central que tem hoje cerca de sete milhões de habitantes, sendo que quase 9% vivem abaixo da linha da pobreza. Os ditos pobres, que vivem com um dólar ao dia, chegam a quase 40%, conforme dados da Cepal (Comissão Econômica para América Latina e Caribe). A situação só não é mais grave porque os 2,5

    Ler mais

  • yanomami

    Segue o massacre aos povos indígenas

    Em Roraima, bem no meio da floresta amazônica, garimpeiros estupraram uma menina de 12 anos. Ela morreu. Também jogaram uma criança de três anos num rio, provavelmente também morta, enquanto a tia da criança resistia a mais uma violência. Ameaçaram uma comunidade inteira e obrigaram essa comunidade a sumir do seu território. A aldeia Aracaçá onde viviam cerca de 30 pessoas foi encontrada

    Ler mais

  • Etarismo ou o drama de ser velho no capitalismo

    Idosos no Brasil – Tenho observado muita gente falando nas redes sociais sobre o lance da velhice e sobre o direito de se parecer velho. Li textos e vi vídeos de mulheres discutindo a beleza de envelhecer e de seguir o rumo da vida, libertas de tintas e estereótipos estéticos. Embutido nesse discurso, claro, a crítica de um mundo no qual o velho

    Ler mais

  • ONU joga para a plateia

    A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas suspendeu a Rússia do Conselho de Direitos Humanos. O motivo foi o chamado massacre de Bucha, que Moscou nega alegando que foi um episódio armado pela Ucrânia. Mas, mesmo sem se levar a cabo uma investigação segura, a Rússia já foi julgada sumariamente. E, a punição foi o banimento do Conselho. Foram 93 países a

    Ler mais

  • Abril indígena ocupa Brasília

    #pl191não – O Acampamento Terra Livre, organizado pelas comunidades indígenas em Brasília, faz parte de uma articulação que já se expressa há 17 anos no chamado “Abril Indígena”, uma das principais referências de mobilização popular do país. São duas semanas inteiras de marchas, debates e protestos, nas quais os indígenas ocupam a capital brasileira para reivindicar os direitos garantidos na Constituição de 1988.

    Ler mais

  • No Brasil das maravilhas

    Nem mesmo os mais mirabolantes enredos do realismo fantástico podem fazer páreo à realidade brasileira capitaneada pelo atual presidente. Fatos que em outros tempos poderiam ser catalogados como completos absurdos neste período obscuro que vivemos são nada mais nada menos do que o cotidiano normal do poder político brasileiro. Poderia enumerar aqui as criminosas queimadas na Amazônia e no Pantanal, a destruição da

    Ler mais

  • Bolívia segue sonhando com saída para o mar

    Bolívia mar – As guerras de independência travadas na América do Sul tendo à frente Simón Bolívar tinham dois objetivos claros. O primeiro era o de libertar os países do império espanhol e o segundo era a constituição da Pátria Grande. O sonho de Bolívar era ver essa região como um bloco sólido de poder para enfrentar não apenas a Europa, mas também

    Ler mais

  • Câmara aprova urgência para projeto de destruição das terras indígenas

    Indígenas Brasil – O governo brasileiro segue firme no seu intuito de entregar as terras indígenas, que conformam 12% do território brasileiro, para mãos privadas, preferencialmente o agronegócio e a mineração. Ou seja: não basta pegar, tem que destruir. Desde que assumiu o mando do país, Jair Bolsonaro ataca os povos indígenas com o argumento de que não dão lucro para a sociedade

    Ler mais

  • Colômbia e a silenciada guerra contra o povo

    Farcs Colômbia – Não passa um dia sem que se leia nos jornais colombianos sobre o assassinato de algum ex-integrante das FARCs ou alguma liderança social. Agora foi mais um, Gustavo Antônio Torres, na zona rural de Tibú. O ataque contra os sindicatos e movimentos sociais que lutam por direitos ou contra as políticas do governo é feito assim, cirurgicamente, com as mortes

    Ler mais

  • Um muro na República Dominicana

    Muro República Dominicana – Os Estados Unidos seguem sendo o maior exemplo para o mundo, principalmente no que diz respeito ao combate à pobreza que é criada pelos seus governos, sucessivamente. A técnica sempre é a de combater o empobrecido e não a pobreza em si. Por isso, desde há décadas fortalecem suas fronteiras com o restante da América Baixa usando soldados fortemente

    Ler mais